Brasil

Lula estava muito cético quanto à soltura, diz deputado

O deputado federal e advogado Wadih Damous (PT) afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava muito cético quanto à possibilidade de ser solto. “Estive agora com o presidente Lula. Desde que lhe dei a notícia, sempre demonstrou ceticismo quanto ao cumprimento da decisão judicial”, disse a jornalistas no entorno da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

O deputado Paulo Pimenta (PT) afirmou que circulam informações de que o juiz Sergio Moro teria dado ordens para que a Polícia Federal não cumprisse a decisão do TRF-4. “Isso é crime previsto na legislação”, disse. “A informação de que está em férias em Portugal e mesmo assim se manifestou é algo extremamente grave.” Pimenta ressaltou que caberia ao Ministério Público recorrer do habeas corpus. “Não cabe ao juiz de primeira instância decidir se quer ou não cumprir uma decisão do tribunal.” (Folhapress)

Comentários