Brasil

Governo decide reabrir parcialmente fronteiras aéreas do País

No início do mês, o governo havia prorrogado até o fim de julho restrição para a entrada de estrangeiros
Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Crédito da foto: Divulgação / Decea

O governo Jair Bolsonaro decidiu reabrir parcialmente as fronteiras aéreas para estrangeiros. O novo decreto deve ser publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

No início do mês, o governo havia prorrogado até o fim de julho restrição para a entrada de estrangeiros, de qualquer nacionalidade, no País. A medida atendia recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e inclui as fronteiras terrestres e aquaviárias, que devem permanecer fechadas.

O impedimento não se aplica a brasileiros que estejam em país estrangeiro, ou imigrante com residência definitiva no Brasil. A decisão do governo de flexibilizar as regras de entrada de estrangeiros ao País ocorre no momento em que o Brasil registra quase 90 mil mortes decorrentes do novo coronavírus e cerca de 2,5 milhões de infectados pela doença.

Questionada nesta quarta-feira (29) se foi consultada sobre a reabertura, a Anvisa não se manifestou. (Estadão Conteúdo)

Comentários