Brasil

Governo autoriza reajuste de até 4,88% nos preços de medicamentos

Aval para aumento foi publicada no Diário Oficial da União. As farmacêuticas já podem aplicar os novos preços.
Governo federal autorizou reajuste de até 4,88% nos preços de medicamentos para 2021. Foto: Emídio Marques / Arquivo JCS (27/03/2019)

O governo federal autorizou reajuste de até 4,88% nos preços de medicamentos para 2021. O aval para o aumento está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (15), quinze dias antes da data regular, que habitualmente se dá em 31 de março de cada ano.

A decisão foi deliberada na última sexta-feira (12) pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) e formalizada nesta segunda-feira. As farmacêuticas já podem aplicar os novos preços.

A CMED é o órgão interministerial responsável pela regulação econômica do mercado de medicamentos no Brasil e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) exerce o papel de Secretaria-Executiva da Câmara.

A resolução da CMED não explica o porquê da antecipação do reajuste. No ano passado, o governo autorizou, em junho, o reajuste de até 5,21%, depois de dois meses de suspensão dentro do conjunto de ações para atenuar os efeitos econômicos do novo coronavírus no País. (Estadão Conteúdo)

Comentários
Assuntos