Brasil

Ecovias registra queda no volume de tráfego para o litoral

Número é 15% menor do que o mesmo período da última semana
A concessionária Ecovias administra o sistema Anchieta-Imigrantes. Crédito da foto: Marcos Santos / USP Imagens

A Ecovias, concessionária que administra as rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes, informou que houve uma queda no volume de tráfego neste final de semana, mesmo com o anúncio do megaferiado em São Paulo, que vai de 26 de março (última sexta-feira) a 4 de abril, próximo domingo (Páscoa).

A medida foi tomada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) como uma forma de conter a propagação do coronavírus e também desafogar leitos hospitalares na capital. No entanto, mesmo com as restrições impostas para todo o Estado na fase emergencial (até 11 de abril), algumas pessoas rumaram para a região das praias – vale lembrar que os nove municípios da Baixada Santista, como Santos, Guarujá, Praia Grande e Bertioga, estão em lockdown até domingo.

A Ecovias, porém, afirmou que, entre quinta e sexta-feira (25 e 26/03), 72.154 veículos passaram pelas rodovias em direção ao litoral, número 15% menor que no mesmo período da última semana (85.723 veículos).

Leia mais  Estoques de oxigênio estão em nível crítico em municípios paulistas

Segundo a concessionária, a queda desse volume vem ocorrendo desde o início de março, mas “não há como falar em previsões de tráfego” para os próximos dias do megaferiado. Por fim, a Ecovias afirmou que “há registro de movimentação bem menor até mesmo que os demais finais de semana comuns”.

O megaferiado da capital paulista foi a antecipação dos feriados de Corpus Christi (3 de junho) e Consciência Negra (20 de novembro), tanto de 2021 como 2022, além do aniversário da cidade (25 de janeiro) do ano que vem, totalizando dez dias, até a Páscoa (4 de abril). Neste período, apenas serviços essenciais ficarão abertos, como supermercados e farmácias. (Marina Bufon)

Comentários