Brasil Covid-19 Sorocaba e Região

Corpo do Major Olimpio é cremado em Guarulhos

Corpo do Major Olimpio é cremado em SP
Carro de Bombeiros, familiares e amigos: cortejo de adeus. Crédito da foto: Fepesil / Thenews2

Um cortejo que teve início no Hospital São Camilo, na capital paulista, e seguiu até o Cemitério e Crematório Primavera, em Guarulhos, marcou a despedida do Major Olimpio, cuja morte foi decretada na quinta (18), em decorrência da Covid.

O caixão com o corpo de Olimpio, que tinha 58 anos, seguiu em cima de um carro do Corpo de Bombeiros, acompanhado por outros veículos, com parentes, amigos e simpatizantes. Ele estava internado no hospital da capital desde 3 de março para tratamento da Covid-19.

Apesar do desejo de doar seus órgãos, isso não foi possível devido à contaminação pelo coronavírus.

Natural de Presidente Venceslau, interior de São Paulo, Olimpio completaria 59 anos hoje (20). Foi vereador, deputado estadual por dois mandatos e deputado federal. Acabou eleito para o Senado em 2018. Antes de se dedicar à política, serviu como policial militar por 29 anos.

Olimpio tinha forte ligação com o interior paulista. Por várias vezes esteve em Sorocaba, para cerimônias e homenagens. Em muitas dessas ocasiões foi recebido pelos membros da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), seja na Radio Cruzeiro FM 92,3, no jornal Cruzeiro do Sul ou em visitas privadas.

Leia mais  Cidade obtém 1º lugar em Ranking de Transparência

Em setembro de 2018, ainda como deputado federal, foi recebido pelo então presidente do Conselho Superior da FUA, Laelso Rodrigues. Em maio de 2019, já como senador, voltou à Sorocaba e esteve no Cruzeiro do Sul onde foi recebido por diretores e pelo presidente do Conselho de Administração da FUA, César Augusto Ferraz dos Santos.

Maçom da Grande Oriente de São Paulo (GOSP), Olimpio também esteve na cidade para ministrar a palestra “Maçonaria e Política”. Em outra oportunidade, foi recebido — juntamente com os deputados federais Capitão Derrite, Katia Sastre e Guiga Peixoto, e com o deputado estadual Danilo Balas — em churrasco com conselheiros da FUA. Sua última visita ao jornal Cruzeiro do Sul foi em novembro de 2020. (Da Redação)

Comentários