Brasil

CNH em papel passa a ter entrega só pelos Correios

Medida pretende diminuir o fluxo de pessoas no Poupatempo e Detran
Caso o solicitante não resida mais no endereço cadastrado, deverá fazer a alteração antes do pedido. Crédito da foto: Arquivo Jornal Cruzeiro

Desde a última sexta-feira (15), as solicitações referentes à Carteira Nacional de Habilitação (CNH), como renovação, primeira e segunda via e CNH definitiva, deverão ser feitas exclusivamente com a entrega do documento em papel pelos Correios. O documento será enviado ao endereço de cadastro do motorista no Detran.SP. O motorista também poderá baixar, de forma gratuita, a versão digital no mesmo dia do exame médico.

A medida adotada pela Prodesp tem como objetivo reduzir a quantidade de pessoas nas unidades do Poupatempo e do Detran.SP em todo o Estado. Diante do aumento do número de casos da Covid-19, a prioridade é manter abertas as unidades de atendimento para outros serviços essenciais que ainda precisam ser concluídos presencialmente.

O diretor da Prodesp, Murilo Macedo, informou que a previsão é que cerca de 450 mil pessoas deixem de comparecer aos postos de atendimento e passem a receber os documentos em casa. “Neste momento em que volta a aumentar o número de infectados pela pandemia em todo o país, os esforços do Governo de São Paulo são para garantir que os cidadãos estejam protegidos, evitando deslocamentos desnecessários”, diz Macedo.

Leia mais  Polícia Civil apreende mais de R$ 700 milhões do crime organizado

Os processos de solicitação de CNH já são feitos de forma digital, pelo portal www.poupatempo.sp.gov.br ou aplicativo Poupatempo Digital. Após realizar o exame médico nas clínicas credenciadas ao Detran.SP, o motorista deve aguardar as orientações que serão enviadas por e-mail para acessar a versão digital da CNH, que tem a mesma validade do documento em papel, e estará disponível no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT).

Segundo a orientação do Prodesp, o pagamento das taxas de emissão do documento e também do envio pelos Correios pode ser feito diretamente no banco, caixas eletrônicos ou internet banking. Para conclusão da solicitação, é necessário clicar na opção com postagem. O serviço sem essa opção estará indisponível.

Com o código de postagem em mãos, o interessado poderá rastrear o envio do documento. Mas é importante que, caso o solicitante não resida mais no endereço cadastrado, antes de solicitar o serviço online, ele deverá fazer a alteração cadastral pelas plataformas digitais do Poupatempo.

A partir deste mês voltaram a valer os prazos para renovação da CNH em todo o país. Em 2020, a obrigatoriedade da renovação havia sido suspensa, como medida de prevenção à Covid-19. O restabelecimento dos prazos para renovação da CNH engloba todos os condutores que tiveram habilitação vencida no período de 2020, ocorrerá a partir de 1º de janeiro de 2021, seguindo os meses de validade. (Da Redação, com informações do portal do Governo do Estado)

Comentários