Brasil

Bruno Covas é internado para a sexta sessão de quimioterapia

Procedimento começou na manhã desta quarta-feira (8) e deve durar 30 horas
Prefeito de SP, Bruno Covas, deixa hospital após 23 dias internado
Covas ainda deve ser submetido a, pelo menos, mais duas sessões de quimioterapia. Crédito da Foto: Divulgação/Prefeitura de São Paulo

 

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), voltou a ser internado nesta terça-feira (7) para passar pela sexta sessão de quimioterapia. Segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês, o procedimento começou na manhã desta quarta-feira (8) e deve durar 30 horas.

Covas ainda deve ser submetido a, pelo menos, mais duas sessões de quimioterapia. O prefeito está liberado para exercer suas funções durante a internação. A previsão de alta depende da avaliação da equipe médica após o tratamento.

Bruno Covas luta contra um câncer descoberto no fim de outubro. O fígado é um dos órgãos atingidos. Os tumores malignos haviam sido descobertos na cardia, área de transição entre o esôfago e o estômago, e sofrido metástase para o fígado e para linfonodos da região abdominal.

Um dos especialistas que acompanha o prefeito, o médico Tulio Pfiffer informou em entrevista coletiva em dezembro que o tumor do fígado havia tido “redução expressiva” após a primeiro ciclo de quimioterapia, que consistiu em três sessões.

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Covas afirmou não cogitar a possibilidade de se licenciar do cargo, mas que sairá se for necessário. “Havendo forças para continuar, continuo”, disse o prefeito de São Paulo. (Estadão Conteúdo)

Leia mais  Justiça e Educação financiarão pesquisas em segurança pública
Comentários