Brasil Covid-19

Bruno Covas autoriza uso de cloroquina na Capital

De acordo com o prefeito, São Paulo já conta com um estoque de 6 mil cápsulas de cloroquina

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), autorizou o uso da cloroquina na rede municipal de saúde para casos do novo coronavírus. Covas afirmou que o medicamento poderá ser indicado se houver prescrição médica e se o paciente concordar com o tratamento.

O remédio, cuja eficácia ainda não foi totalmente comprovada, passa a incluir o protocolo oficial da Secretaria Municipal da Saúde. Ele já vem sendo usado na rede estadual de São Paulo com a mesma indicação.

De acordo com o prefeito, São Paulo já conta com um estoque de 6 mil cápsulas de cloroquina, suficientes para tratar mil pacientes. Ele afirmou que foram encomendadas mais unidades do remédio.

“Ainda não é possível ser uma política pública porque não temos pesquisas concluídas. Mas, havendo prescrição do médico e concordância do paciente, a Secretaria Municipal da Saúde passou a integrar esse medicamento no protocolo de tratamento da Covid-19”, declarou.

O Ministério da Saúde indica o uso cloroquina e hidroxicloroquina apenas para pacientes diagnosticados com a Covid-19 que estejam internados com quadro grave de saúde. (Estadão Conteúdo)

Comentários