Brasil

Apoiadores veem Moro reticente às eleições de 2022

Moro tem participado de articulações por uma candidatura de centro-direita, em oposição ao presidente Jair Bolsonaro
Moro diz ser “preocupante” número de policiais que cometeram suicídio
Sergio Moro. Crédito da foto: Evaristo SA / AFP

Apoiadores de Sérgio Moro no Congresso Nacional veem na sua contratação por uma consultoria americana e em manifestações recentes sinais de que o ex-ministro e ex-juiz da Lava Jato está reticente quanto a uma eventual candidatura em 2022.

A interlocutores nos últimos meses, Moro indicou que não está determinado a ser protagonista em um projeto eleitoral. Ao Estadão, nesta terça, 1º, ele afirmou que “não é o momento de pensar” em plano político.

Mesmo entre parlamentares que defendem sua candidatura, o anúncio de Moro como sócio-diretor da consultoria americana Alvarez & Marsal não foi recebido com surpresa. Aliados do ex-juiz dizem que a temporada no setor privado está em sintonia com seu perfil e com as sinalizações de que não tem a candidatura ainda como meta.

Moro tem participado de articulações por uma candidatura de centro-direita, em oposição ao presidente Jair Bolsonaro. Em setembro, jantou com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Segundo o governador, foi uma conversa “sem prerrogativa de nomes, mas sim de princípios”. Depois do encontro, Moro se reuniu em Curitiba com o apresentador Luciano Huck, que também se movimenta para disputar a Presidência. (Estadão Conteúdo)

Comentários