Buscar no Cruzeiro

Buscar

5 Benefícios Do Chocolate (Amargo) Para A Saúde

25 de Agosto de 2020 às 11:52

O chocolate pode sim apresentar benefícios para a saúde.

Sendo que os benefícios do chocolate são maiores justamente quando falamos dos chocolates com maior teor de cacau.

Ou seja: certamente não é o açúcar do chocolate que lhe confere seus super benefícios.

Agora, vamos ver alguns dos principais benefícios de saúde do chocolate.

Chocolate contém gorduras saudáveis

A manteiga de cacau contém basicamente gorduras monoinsaturadas (gorduras saudáveis como as encontradas no abacate e no azeite de oliva), e saturadas do tipo ácido esteárico. Este tipo de gordura saturada se transforma em ácido oleico e não eleva o LDL. [1]

Apesar de que a elevação de LDL é um marcador bastante impreciso de risco cardiovascular, este é mais um sinal positivo para o consumo de chocolate.

Chocolate contém flavonóides

Os flavonóides são um tipo de polifenóis, nutrientes presentes em plantas e que têm efeitos positivos na nossa saúde (inclusive efeitos que podem ser consequência da hormese).

Você talvez tenha ouvido falar dos polifenóis de frutas como açaí e mirtilo, e seu grande potencial antioxidante.

No entanto, o cacau possui capacidades iguais ou superiores a praticamente todas essas frutas e “superalimentos”. [2]

Chocolate melhora a saúde vascular e a pressão sanguínea

Alguns estudos (epidemiológicos e observacionais) mostraram que as pessoas que consomem chocolate têm menores níveis de pressão sanguínea. [3]

Sendo que essa relação se verificou mesmo em populações especiais, como gestantes e idosos. [4] [5]

Agora, um ensaio clínico observou que comer chocolate escuro por apenas 15 dias foi suficiente para diminuir os níveis de pressão sanguínea e melhorar a sensibilidade à insulina.

E esses efeitos não foram observados com chocolate branco. [6]

Outro ensaio clínico verificou que, novamente, o chocolate escuro melhorou a circulação coronária, enquanto o chocolate branco não teve esse efeito. [7]

Novamente, isso reforça nosso ponto de que o chocolate mais rico em cacau é melhor para você.

(E uma possível hipótese para o motivo pelo qual o chocolate escuro é mais poderoso que o branco é justamente o seu maior teor de flavonóides.)

Chocolate contém fibra prebiótica

Chocolate (especialmente as variedades bem ricas em cacau, como o chocolate 99% cacau) é uma boa fonte de fibras prebióticas, que podem ter efeito na sua microbiota intestinal. [8]

E eu não sei você — mas eu pessoalmente prefiro comer um bom chocolate do que ficar comendo banana verde crua (uma fonte prebiótica de amido resistente).

Chocolate pode proteger contra os danos causados pelo sol

Alguns alimentos parecem ter o poder de diminuir suas chances de se queimar no sol.

Agora, um estudo mostrou que pessoas alimentadas com altas quantidades de chocolate escuro por 12 semanas dobraram sua resistência aos danos causados por raios ultravioletas. [9]

Um outro estudo apontou que os flavonóides do cacau protegem contra o sol, e podem ser importantes para manter a saúde da pele.

As pessoas que ingeriram altos níveis de flavonóides do cacau tinham maior resistência aos raios ultravioleta do que as pessoas que ingeriram poucos flavonóides. [10]

Resumindo

“Comer mais chocolate” certamente não é a solução para uma dieta baseada em porcarias processadas.

No entanto, você pode ficar feliz em saber que alguns quadradinhos de chocolate de alto teor de cacau não são só gostosos — como também podem ser benéficos para a sua saúde.

Referências

  1. Mensink R. P. (2005). Effects of stearic acid on plasma lipid and lipoproteins in humans. Lipids, 40(12), 1201–1205. Effects of stearic acid on plasma lipid and lipoproteins in humans
  2. Crozier, S.J., Preston, A.G., Hurst, J.W. et al. Cacao seeds are a “Super Fruit”: A comparative analysis of various fruit powders and products. Chemistry Central Journal 5, 5 (2011). Cacao seeds are a "Super Fruit": A comparative analysis of various fruit powders and products
  3. Al-Safi, S. A., Ayoub, N. M., Al-Doghim, I., & Aboul-Enein, F. H. (2011). Dark chocolate and blood pressure: a novel study from Jordan. Current drug delivery, 8(6), 595–599. Dark Chocolate and Blood Pressure: A Novel Study from Jordan
  4. Saftlas, A. F., Triche, E. W., Beydoun, H., & Bracken, M. B. (2010). Does chocolate intake during pregnancy reduce the risks of preeclampsia and gestational hypertension?. Annals of epidemiology, 20(8), 584–591. Redirecting
  5. Buijsse B, Feskens EJM, Kok FJ, Kromhout D. Cocoa Intake, Blood Pressure, and Cardiovascular Mortality: The Zutphen Elderly Study. Arch Intern Med. 2006;166(4):411–417. Cocoa Intake, Blood Pressure, and Cardiovascular Mortality
  6. Davide Grassi, Cristina Lippi, Stefano Necozione, Giovambattista Desideri, Claudio Ferri, Short-term administration of dark chocolate is followed by a significant increase in insulin sensitivity and a decrease in blood pressure in healthy persons, The American Journal of Clinical Nutrition, Volume 81, Issue 3, March 2005, Pages 611–614, Short-term administration of dark chocolate is followed by a significant increase in insulin sensitivity and a decrease in blood pressure in healthy persons
  7. Shiina, Y., Funabashi, N., Lee, K., Murayama, T., Nakamura, K., Wakatsuki, Y., Daimon, M., & Komuro, I. (2009). Acute effect of oral flavonoid-rich dark chocolate intake on coronary circulation, as compared with non-flavonoid white chocolate, by transthoracic Doppler echocardiography in healthy adults. International journal of cardiology, 131(3), 424–429. Redirecting
  8. Hayek N. (2013). Chocolate, gut microbiota, and human health. Frontiers in pharmacology, 4, 11. Chocolate, gut microbiota, and human health
  9. Williams, S., Tamburic, S., & Lally, C. (2009). Eating chocolate can significantly protect the skin from UV light. Journal of cosmetic dermatology, 8(3), 169–173. Eating chocolate can significantly protect the skin from UV light
  10. Heinrich, U., Neukam, K., Tronnier, H., Sies, H., & Stahl, W. (2006). Long-term ingestion of high flavanol cocoa provides photoprotection against UV-induced erythema and improves skin condition in women. The Journal of nutrition, 136(6), 1565–1569. Long-Term Ingestion of High Flavanol Cocoa Provides Photoprotection against UV-Induced Erythema and Improves Skin Condition in Women