Rota do Equilíbrio

3 Pontos Importantes Sobre A Cetose Nutricional

Alguns fatos importantes sobre a cetose são os seguintes.

#1 – A cetose é um estado metabólico perfeitamente normal e saudável

A cetose nutricional pode ser atingida por adultos saudáveis por meio de estratégias nutricionais específicas (restrição de carboidratos, prática de jejum, etc) e não apresenta malefícios para a saúde.

Muitas pessoas confundem cetose com cetoacidose

(um estado perigoso para a saúde, que ocorre praticamente apenas em alguns casos de diabéticos) e por isso alegam que a cetose seria perigosa.

Mas a cetoacidose não é atingida por pessoas saudáveis seguindo uma alimentação saudável.

#2 – A cetose é usada para tratar diversas condições neurológicas

A cetose e a dieta cetogênica começaram a ser estudadas na década de 1920, para tratar crianças com epilepsia.

Essas estratégias tendem a fornecer grande sucesso, e são aplicadas até hoje.

Leia mais  Bons E Maus Motivos Para Praticar Jejum Intermitente

Atualmente, podem ser usadas para ajudar também outras condições neurológicas – que, é claro, devem ser avaliadas por um médico.

#3 – Você não precisa estar em cetose para emagrecer

Muitas pessoas que começam uma dieta cetogênica

acreditam que precisam estar em cetose para emagrecer.

Muitas vezes, elas podem acabar “obcecadas” com medições de níveis de cetonas no sangue ou na urina.

(Escrevi sobre isso aqui.)

Porque acreditam que a cetose seria necessária para o emagrecimento.

Isso não é verdade.

Você não precisa estar em cetose para emagrecer, e a cetose aparentemente não fornece benefícios adicionais em termos de déficit calórico (apesar de ajudar algumas pessoas a ter uma maior sensação de saciedade).

Mas muitas pessoas emagrecem numa dieta low-carb sem estar em cetose.

Leia mais  Bons E Maus Motivos Para Praticar Jejum Intermitente

(E muitas outras emagrecem em dietas com outras composições nutricionais – devido ao déficit calórico gerado.)

Pessoas diferentes podem ter facilidade com estratégias diferentes, e a dieta low-carb é a única possível – e muito menos estar em cetose é necessário para emagrecer.

O mais legal de tudo isso

Estes são fatos científicos facilmente verificados, mas o mais legal na minha opinião é o seguinte.

Experimentar com o próprio corpo para descobrir o que funciona melhor para você, te trazendo saúde e te ajudando a se sentir bem.

Pessoalmente, eu gosto de comer poucos carboidratos durante 80–90% do tempo, e é dessa maneira que me sinto melhor.

Outras pessoas podem preferir outras abordagens, e tudo bem também.

Sendo que eu acredito que você só vai saber mesmo qual a melhor para sua saúde e bem estar geral se experimentar de verdade.

Comentários