Buscar no Cruzeiro

Buscar

Brasil e Portugal: unidos até pelo paladar

Vários pratos brasileiros são adaptações de portugueses ou chegaram ao país com a colonização

24 de Novembro de 2021 às 10:24
Senhor Tanquinho [email protected]
guizado
guizado (Crédito: pixabay)

Por causa da colonização portuguesa, não é possível pensar no Brasil sem alguns sabores que vieram de Portugal. Mesmo nas famílias em que não existe descendência do país ibérico, muitos consomem pratos portugueses sem saber.

O mais interessante é que quando chegaram ao Brasil, os portugueses precisaram adaptar receitas, pois lá não haviam alguns ingredientes que tinham na Europa. Consequentemente, o começo da culinária brasileira foi, além de uma mistura de sabores, também uma adaptação da gastronomia dos colonizadores.

Feijoada

Considerada um dos principais pratos brasileiros, a feijoada tem diversos ancestrais, como a paella espanhola e os cozidos portugueses. De acordo com o site Brasil Escola, a refeição, como é conhecida nos dias atuais, foi criada no século XIX pela elite escravocrata.

Independentemente de a história ser essa mesmo, o que se sabe é que o ensopado com feijões ganhou o mundo. Em Portugal, há até restaurantes brasileiros especializados na iguaria, tanto para os turistas ou naturalizados matarem a saudade de casa quanto para os portugueses se deliciarem.

Arroz

Acompanhado do feijão, o arroz é um dos alimentos mais consumidos pelos brasileiros em todas as regiões. É o prato do dia a dia e até de celebrações especiais. Porém, nem sempre foi assim.

O arroz passou a fazer parte da rotina da sociedade brasileira depois de 1808, quando D. João VI autorizou a abertura dos portos na colônia. Depois disso, o Brasil também aumentou a produção do grão, o que favoreceu a alimentação ser como é atualmente.

Bacalhoada

De origem milenar, a bacalhoada se tornou um dos pratos principais no Brasil de comemorações como a Páscoa, Revéillon, entre outras. O que muitos desconhecem é que ela também foi uma herança levada pelos portugueses.

Assim como o arroz, o bacalhau também se popularizou no país com a abertura dos portos. Atualmente, a bacalhoada pode ser feita de diferentes formas - sendo que a maioria das receitas utiliza azeitonas, batatas e pimentões.

Vinho

E o que dizer do vinho? Considerada uma das bebidas mais antigas do mundo, ela também foi levada ao Brasil pelos portugueses - e logo se popularizou. Apesar de atualmente existirem muitas ofertas de vinho, os brasileiros sabem da qualidade dos rótulos vindos do país ibéricos e, por isso, os mercados costumam fazer promoções em datas especiais, como o Dia das Mães.

De acordo com o Porta Folhetos, em épocas festivas, é possível os consumidores brasileiros encontrarem vinho português a partir de R$ 22,99 (US$3,60)  entre as ofertas do Extra.  Um argentino pode sair por R$ 41,99 (US$6,60).

Sonho

O sonho é um dos doces mais populares nas padarias brasileiras e que também está relacionado com Portugal. A sobremesa é semelhante a bola de berlim, outra massa fofinha recheada com creme. O doce chegou no país ibérico durante a Segunda Guerra Mundial, quando famílias judaicas tentavam se refugiar.

A diferença é que no Brasil o sonho é recheado com creme de confeiteiro. Já em Portugal o doce tem creme de ovos - que está presente em outros doces portugueses.

Percebe como, mesmo separados pelo oceano, Brasil e Portugal ainda têm muito em comum? Pelo menos quando o assunto é sabor, os dois países conseguiram produzir ótimas delícias.