Suplementos Turismo

Vitória reúne atrativos diversificados para um passeio econômico

Além do tour, reserve uma manhã ou tarde para visitar o Convento de Nossa Senhora da Penha
Vitória oferece praias para todos os tipos de turistas, das badaladas às tranquilas. Crédito da foto: Divulgação

É certo que Vitória nem sempre é o destino número 1 dos turistas, mas além de suas praias, belezas naturais, culinária saborosa e a rica história, a cidade garante um turismo bastante econômico. A capital do Espírito Santo também tem se destacado como uma das principais opções de passeios durante a pandemia do novo coronavírus. O baixo nível de aglomerações e adequação aos protocolos sanitários contra a Covid-19 fazem a diferença.

Pouco divulgada em âmbito nacional, Vitória surpreende os viajantes com sua infraestrutura voltada para o turismo. Conurbada com a cidade de Vila Velha e ligada por uma ponte com vão de 70 metros de altura, a capital capixaba oferece uma diversificada rede de hotéis, com preços de diárias abaixo dos valores praticados em outras capitais.

Para conhecer a cidade, as praias e o centro histórico, uma boa opção é fazer o passeio com o ônibus turístico (Capixaba Turismo), que sai da praia de Camburi, junto ao píer de Iemanjá, com custo de R$ 70 por pessoa.

Leia mais  Destinos oferecem baixo risco de aglomerações

O giro por Vitória e Vila Velha dura cerca de seis horas, com paradas para almoço e visita aos principais atrativos. A primeira é no Farol de Santa Luzia, que garante belas fotos da costa. O tour passa ainda pela fábrica de chocolate da Garoto, pelo Projeto Tamar, Centro Histórico, Praça do Papa e Espaço Baleia Jubarte, cruza a Terceira Ponte, principal ligação com a vizinha Vila Velha e visita sua orla, desde a praia de Itaparica, Itapuã, passando pela praia da Costa e da Sereia, estas duas últimas, as mais frequentadas.

Além do tour, reserve uma manhã ou tarde para visitar o Convento de Nossa Senhora da Penha, que além de ser o mais famoso monumento histórico e religioso de Vila Velha, tem um mirante espetacular com vista para as duas cidades. E, melhor: a entrada é franca. O turista pode subir a pé, desde que tenha um razoável preparo físico, ou optar pelas vans que fazem o trajeto por preço simbólico. Lá de cima o pôr do sol é uma beleza.

Leia mais  Pandemia muda o foco dos turistas
Principal ponto turístico de Vila Velha, o Convento de Nª Sª da Penha é um mirante espetacular. Crédito da foto: Divulgação

Praias

Para quem quer curtir uma boa praia em Vitória, pode escolher Camburi, que oferece um belo calçadão e quiosques bem estruturados. Ela é ideal para uma caminhada pela areia, mas para o banho de mar não é a mais indicada.

A mais agitada é a praia da Curva da Jurema, mas há pequenas praias mais escondidas e tranquilas, sem muita aglomeração.

A Praia Secreta é uma delas. Águas transparentes e rodeada por pedras, ela fica próxima ao Farol de Santa Luzia e pode ser acessada por uma abertura em um muro que protege o local. Vale a pena passar uma manhã ou tarde nesse refúgio natural.

Outras opções de praias de águas claras e calmas podem ser encontradas na Ilha do Frade. São nove praias tranquilas e relaxantes. Muita gente prefere cruzar a ponte e passar o dia nas praias de Vila Velha, como Itapuã, praia da Costa e da Sereia. O mar é convidativo, mas não se iluda, as águas em toda a costa são bem frias por causa das correntes marítimas do Atlântico. (@sigaomapa.blog)

Comentários