Turismo

Pequim inaugura novo aeroporto ultramoderno

O novo aeroporto internacional, em forma de estrela do mar, operará em plena capacidade em 2025
Pequim inaugura novo aeroporto ultramoderno
O aeroporto internacional de Daxing, em forma de estrela do mar, fica 46 km ao sul da capital. Crédito da foto: China OUT
/ AFP / STR (25/9/2019)

O presidente chinês, Xi Jinping, inaugurou na semana passada o novo aeroporto de Pequim, coincidindo com as comemorações na próxima semana do 70º aniversário da criação do regime comunista. O aeroporto internacional de Daxing, em forma de estrela do mar, fica 46 km ao sul da capital.

O primeiro avião comercial, um Airbus A380 da companhia China Southern Airlines com destino a Guangzhou (sul), decolou poucas horas depois da cerimônia.

A inauguração da infraestrutura com ares futuristas é parte do projeto do “sonho chinês” de Xi Jinping e aconteceu a poucos dias da festa nacional de 1º de outubro.

O novo aeroporto internacional, em forma de estrela do mar, operará em plena capacidade em 2025, com 72 milhões de passageiros anuais previstos, o que seria um recorde mundial para um único terminal, segundo seus criadores.

Em 2040, a infraestrutura terá oito pistas, uma para uso militar, e poderá receber até 100 milhões de passageiros, o que o transformará no maior aeroporto do mundo em capacidade de recepção de viajantes.

Pequim inaugura novo aeroporto ultramoderno
Maquete do aeroporto na China. Crédito da foto: Wang Zhao / AFP (25/9/2019)

As novas instalações servirão para evitar a saturação do atual aeroporto internacional Pequim-Capital, cujos três terminais estão localizados ao nordeste da megalópole de 21 milhões de habitantes.

O atual aeroporto, o segundo maior do mundo em número de passageiros, atrás apenas do aeroporto de Atlanta (Estados Unidos), está quase saturado, com mais de 100 milhões de passageiros anuais.

O transporte aéreo está crescendo na China e, de acordo com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata), em meados da década de 2020 o gigante asiático ultrapassará os Estados Unidos como o primeiro mercado aéreo do mundo.

Em 2037, o país organizará 1,6 bilhão de viagens de avião por ano, um bilhão a mais que em 2017. Em 2025, Pequim poderia receber um total de 170 milhões de passageiros espalhados entre os dois aeroportos.

Estrutura

O novo edifício de 700 mil metros quadrados é, segundo seus criadores, o maior terminal aéreo do mundo. Foi projetado pela arquiteta anglo-iraniana Zaha Hadid, que morreu em 2016, e pela subsidiária de engenharia da empresa francesa Aéroports de Paris (ADP).

O terminal cobre uma área equivalente a 25 campos de futebol e inclui uma estação de metrô e uma estação de trem de alta velocidade.

O projeto custou 120 bilhões de iuanes (cerca de 17,5 bilhões de dólares) ou 400 bilhões de iuanes, se forem incluídas as conexões ferroviárias e rodoviárias. (AFP)

Leia mais  Arábia Saudita emitirá vistos de turismo pela primeira vez
Comentários

CLASSICRUZEIRO