Turismo

Chalés e palafitas aproximam da natureza

Outro ecoparque que também tem hospedagem para quem quer uma imersão na natureza é o Viva Brotas
Ecoparque Poção amplia conceito simples e mágico. Crédito da foto: Divulgação

A hospedagem é outro diferencial em Brotas. O Ecoparque Poção, que até recentemente funcionava somente para day use, agora também tem opção de hospedagem com a inauguração de chalés para locação, a Vila Poção. É ideal para curtir o dia e dormir ao lado do rio Jacaré-Pepira.

“Ampliamos o conceito “simples e mágico”, que já inspirava nosso parque e restaurante, agora também para os chalés. É uma hospedagem que dá autonomia, porque tem cozinha equipada, o que possibilita que ele se sinta em casa e prepare suas próprias refeições”, explica Vivian Cunha, sócia-proprietária do ecoparque Poção.

Outro ecoparque que também tem hospedagem para quem quer uma imersão na natureza é o Viva Brotas. No final do ano entraram em operação as cabanas construídas em sistema de palafita ao pé da serra, em área de mata preservada, o primeiro glamping de Brotas. “A experiência que queremos proporcionar é dormir e acordar no mato, de preferência com o nascer e pôr do sol, com simplicidade, mas muito conforto”, conta Cristiane Vieira, diretora do ecoparque.

Leia mais  Quatro paraísos cercados de água por todos os lados

Aventura e natureza

Com 25 mil habitantes, Brotas é a capital do turismo de aventura porque reúne o maior número de atividades desta natureza no Brasil e se fortalece mais a cada dia como destino de ecoturismo. “Nas últimas duas décadas vem, ano a ano, agregando atividades ao seu portfólio, ampliando a rede hoteleira e gastronômica. Hoje contamos com mais 40 empreendimentos entre hotéis, pousadas, hotéis-fazenda e resorts e 60 estabelecimentos gastronômicos de estilos variados, do típico da fazenda ao contemporâneo”, afirma Fabio Pontes, secretário de Turismo de Brotas. (Sigaomapa.blog)

Comentários