Mix

Vermifugação é essencial para a qualidade de vida dos pets

Apenas o médico-veterinário pode fazer diagnósticos precisos, mas o tutor deve ficar atento a uma série de sintomas
Vermifugação é essencial aos pets
O contato constante com a terra faz com que os pets fiquem sujeitos a vermes. Crédito da foto: pixabay.com

 

Assim como os seres humanos, os animais de companhia também estão sujeitos a verminose e aos sintomas originados pela presença desses parasitas no organismo. O responsável pelo bem-estar do animal, deve, portanto, utilizar ações preventivas.

“Cães e gatos estão quase sempre em contato com o chão e com a terra, além de possuírem alguns hábitos específicos. Por esses e outros motivos, estão mais propensos a ter contato com vermes, alguns dos quais, dependendo da infestação, podem provocar lesões graves e inclusive fatais”, explica o médico-veterinário Jaime Dias.

Apenas o médico-veterinário pode fazer diagnósticos precisos, mas o tutor deve ficar atento a uma série de sintomas que podem indicar que o animal está infestado por vermes. “Sem motivo aparente, o animal pode apresentar mudanças de comportamento, como estar sempre cansado, perda de peso mesmo ingerindo mais alimentos do que o de costume. Há vários outros sintomas, fraqueza, os pelos podem ficar arrepiados e sem brilho, aumento de volume na região do abdômen, excesso de secreção nos olhos, vômitos e diarreia que podem vir acompanhada de sangue. Em alguns casos o cão pode apresentar coceira na região posterior, arrastando a mesma pelo chão na tentativa de se coçar. Em caso de suspeita, o tutor deve levar o seu animal ao médico-veterinário para que o diagnóstico seja realizado e o tratamento prescrito”, orienta Jaime Dias.

Leia mais  Em busca de um lar para Margarida

A verminose pode ser causada por diferentes vermes que entram em contato com os animais como a tênia (também conhecida como solitária), a lombriga, o verme do chicote e o ancilóstoma. “Porém, não há razão para correr risco, considerando que os vermífugos são eficazes para a proteção de cães e gatos”, explica o especialista. (Da Redação)

Comentários

CLASSICRUZEIRO