Mix

Redes de proteção dão segurança para os pets

Tipo e qualidade de material são fundamentais na escolha do melhor
Redes de proteção dão segurança para os pets
“Arteiros” por natureza, os gatos precisam de proteção, principalmente em apartamentos. Crédito da foto: Divulgação

Que os pets fazem a alegria de um lar, não há dúvidas. Mas, assim como as crianças, os amigos de quatro patas também necessitam de cuidados especiais. Procuradas por grande parte dos tutores, as redes de proteção são a melhor opção quando o assunto é segurança para os bichinhos.

Além de ser uma ótima opção para os gatos que vivem pulando muros ou os cachorros que pulam na piscina, as redes de proteção também é uma alternativa indicada para os tutores que passam o dia fora de casa, garantindo maior tranquilidade.

Segundo o empresário Nivaldo Amaral Mota, especialista em redes de proteção, a procura pela instalação é diária, principalmente quando o assunto são pets. “Dos clientes que atendemos, 80% das redes instaladas são para pets”, conta, ressaltando que, muitas vezes, o tutor deixa de fazer coisas para si e opta primeiramente, pela segurança do bichinho. “Eles não poupam investimento, muitas vezes os pets estão em primeiro lugar”.

Leia mais  A angústia de quem não consegue atuar

Onde instalar

Nivaldo destaca lugares estratégicos para a instalação das redes de proteção, sendo eles:

. Janelas
. Varandas
. Sacadas
. Piscinas
. Muros
. Quintais
. Escadas
. Mezaninos

Tipo de material e instalação

Mais do que apenas instalar, Nivaldo explica que é necessário seguir a norma ABNT NBR 16046-3:2012, que determina que o instalador deve assegurar que o local a receber a rede possui todas as condições necessárias para garantir a funcionalidade protetiva do material.

A norma define que cada gancho deve ter uma resistência comprovada de 30 kgf, no mínimo. Além disso, a distância entre eles deve ser de até 30 cm. Os materiais mais adequados precisam ser testados em laboratórios e suportar 500 kg de impacto por metro quadrado, no máximo.

“As redes são fabricadas de polietileno de alta densidade, 100% estabilizado contra ação dos raios ultravioletas, evitando o ressecamento da malha e aumentando sua durabilidade”, completa.

Para cães e felinos de médio e grande porte, é necessário escolher uma malha de 5cmx5cm, que garante maior segurança sem opção de fuga. No caso dos filhotes ou de pequeno porte, a malha de 3cmx3cm é suficiente, principalmente para os mais “arteiros”, não permitindo que o focinho entre nos vãos. (Da Redação)

Comentários