fbpx
Mix

Oi. Eu sou o Lobo

Retrato
Oi. Eu sou o Lobo
Crédito da foto: Acervo Pessoal

“Eu me chamo Lobo. Fui atropelado numa avenida, mas me deixaram lá. Como a maioria das pessoas gosta de animais, o Mario (filho da Bá), me resgatou e levou primeiro para uma clínica veterinária. Lá, fui tratado e medicado, fiquei dois dias internado e após a alta fui morar na casa da Bá, onde estou há 14 anos.

Perdi uma visão, porque me atraquei com outro cachorro na rua de casa, e levei um chute. Já fiquei perdido duas vezes, mas nas duas ocasiões encontrei pessoas admiráveis, conscientes e de bom coração que compartilharam meu desaparecimento nas redes sociais, facilitando minha volta ao lar.

Quero agradecer a elas e também à Bá, pela roupinha quente que ela me deu para passar essas noites frias que está fazendo. Olhem a foto que ela tirou de mim.” (Teresinha de Cassia Munhoz)

Leia mais  Paulinho, um peludo protetor, espera uma família adotiva

Se você quiser ver o seu animalzinho nesta coluna, envie e-mail para mix@jornalcruzeiro.com.br.

Comentários