Mix

O colorido universo das unhas

Símbolo da feminilidade, esse autocuidado mostra asseio e revela traços da personalidade
O colorido universo das unhas
Crédito da foto: Erick Pinheiro

Manter as unhas em ordem é praticamente uma rotina para muitas mulheres, mas isso tem suas razões, que vão desde a boa apresentação como um todo, até a forma de se manifestar em relação ao seu modo de vida e personalidade. E é por esses fatores que o seguimento das unhas oferece uma série de opções para agradar a todos os estilos.

Para a psicóloga Vânia Ribeiro Elme, pintar as unhas está muito ligado à feminilidade, assim como as cores utilizadas refletem muito o comportamento de cada mulher. Nesse sentido ela cita, como exemplo, que o gosto pelo vermelho está associado ao poder e à sensualidade, mas atenta que isso não precisa ser uma regra. Ela mesma não tem uma definição, embora no pé prefira sempre tons mais escuros. Nas mãos ela também optou pelo vermelho no dia da reportagem.

O colorido universo das unhas
Erika: unhas são espelho da autoestima. Crédito da foto: Fábio Rogério

A manicure, podóloga e maquiadora Erika Moraes, que há 19 anos atua no ramo, compreende as unhas “como um espelho: se estou bem minha autoestima está elevada, e isso implica também a aparência das unhas.” Ela diz que a maioria de suas clientes tem maior preferência pelos tons laranjas e todos tons de vermelho. Outra característica de suas clientes é quanto ao estilo mantido: nenhuma pede para fazer unhas artísticas, havendo apenas pedidos pela francesinhas. Mas isso se deve, conforme disse, pelo fato de sua clientela ser formada por mulheres adultas e com estilo clássico de unhas, que atualmente é a de formato quadrado, enquanto as artísticas são mais solicitadas pelo público teen.

Ousadas

O colorido universo das unhas
A advogada Vivian aderiu ao tipo em gel pelo custo-benefício. Crédito da foto: Erick Pinheiro

A advogada Vivian Almeida Olindo, que aderiu ao tipo em gel pelo seu custo-benefício, também entende que a apresentação das unhas está associada à higiene pessoal, além é claro da boa apresentação. E pela sua profissão, Vivian optou pelo formato clássico. Quanto às cores escolhidas, ela diz variar bastante, mas que quando viaja sua preferida é sempre o branco, “porque assim a gente nunca erra”, ensina. Mas se quiser ficar com o aspecto de mais chique, os tons indicados por ela são os mais escuros como vermelho e também o preto, que foi o eleito da semana.

Sobre o custo-benefício citado pela advogada, ela explica que consegue ficar até mais de dez dias com as unhas perfeitas, e incentiva, a quem as possui curtas e/ou quebradiças, para aderia às unhas em gel.

O colorido universo das unhas
A empresária Tati Mendes prefere as unhas no formato stilleto por ser mais atual. Crédito da foto: Erick Pinheiro

A empresária Tati Mendes, que usa as unhas no formato stilleto por ser mais atual, conta que foi uma dermatologista de São Paulo quem a apresentou à tendência das unhas em gel, lhe garantindo ser saudável. Ela, que em vários anos nunca teve sequer problema com fungos, observa que as mulheres europeias praticamente só usam esse tipo de unha, e na maioria das vezes elas próprias é que se dedicam aos trabalhos domésticos, implicando assim na durabilidade das unhas. Ainda segundo a empresária, a cutícula cresce mas nem aparece muito, motivo pelo qual é possível ficar até quase duas semanas com as mãos esmaltadas.

Leia mais  Aplicativo espião do Facebook coletou dados de 187 mil pessoas

Para a digital influencer Katia Scarel, sua relação com as unhas é de amor e poder, e entende também que a mulher de unhas feitas tem a imagem associada a autocuidado, além de mostrar sua personalidade através do formato e das cores. Ela, por exemplo, diz gostar de cores vibrantes e unhas estilizadas, pois considera que as artísticas são démodé.

O colorido universo das unhas
Katia Scarel: relação com as unhas é de amor e poder. Crédito da foto: Fábio Rogério

Em relação a cor, a digital influencer explica que a escolha vai depender do dia, pensando num tom para finalizar o look caso tenha um evento, podendo também depender do humor do dia: “se estou me sentindo sexy realmente o vermelho é a cor que melhor representa, se estou mas básica vai um nude que pode ter um pouco de glitter, porque mesmo básica queremos brilhar.” Segundo ela, que tem as unhas naturais, o formato stilleto é que melhor a representa por ser “exótico e sexy”.

Indicação

A manicure Bárbara Pierini explica que os alongamentos são indicados para unhas roídas, fracas, e para as que escamam, e que por isso muitas mulheres procuram pela técnica não somente por estética, mas com a principal finalidade em manter uma higiene adequada. Ainda segundo ela, o alongamento é livre de ácido que possa prejudicar as unhas, acrescentando que “os géis não só fazem o papel do alongamento, deixando as unhas também mais resistentes.

O colorido universo das unhas
Bárbara: molde para unhas são personalizados. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Na técnica utilizada por ela, o molde é feito exatamente sobre as unhas, sem a utilização de tip para sua fixação. Bárbara comenta ainda que cada pessoa tem um tipo de unha, e que por isso cada qual recebe o tratamento necessário, salientando porém que todas as unhas recebem antifúngico e vitaminas. Entretanto, a manicure atenta que cuidado é essencial, devendo portanto que a manutenção seja feita corretamente.

Em relação à indicação da unha em gel para unhas que requerem tratamento, Bárbara diz ter cliente que a procurou para restaurar unha do pé, e que o resultado foi amplamente positivo. E, segundo ela, não há um período para retirar a unha em gel, tanto que a maioria das usuárias dificilmente se acostumam a ficar sem.

Leia mais  Domingo (16) é dia de Cãodrilha com festival de fantasias dos pets

Esmaltes, um símbolo de hierarquia social

O colorido universo das unhas
As cores escuras, na antiguidade, eram usadas apenas pela realeza. Crédito da foto: Fábio Rogério

O hábito de pintar as unhas vai muito mais além do que simplesmente a preocupação com as mãos apresentáveis, tendo inclusive relação com o tipo de personalidade e o empoderamento social, e isso vem desde a antiguidade.

Apesar do seu uso permanente na contemporaneidade, o esmalte já integrava o cotidiano da realeza do Antigo Egito. Por volta de 3500 a.C., as mulheres egípcias aplicavam uma tintura de henna preta nas unhas. As cores mais vibrantes ficavam relegadas ao uso da família real e chegavam a despertar algumas preferências entre as rainhas do Egito. Cleópatra tinha uma forte preferência pela tonalidade vermelho-escuro. Já Nefertiti tinha mais gosto pelo esmalte de tom rubi.

O mesmo poder de distinção social observado no uso do esmalte entre os egípcios também era perceptível entre os chineses. Em meados do século 3 a.C., o uso de tons vermelhos e metálicos (feitos com soluções de prata) significavam a ocupação de um lugar privilegiado na hierarquia social. Já entre os romanos, a pintura dava lugar a tratamentos com materiais abrasivos que faziam o polimento das unhas. (Com informações do site historiadomundo.com.br).

Tem para todos os gostos

Embora a unha artificial mais usada atualmente seja a de gel, há outros tipos, como por exemplo a de porcelana e a de fibra de vidro, entre outras. Veja aqui suas características.

O colorido universo das unhas
Os processos devem ser acompanhados por profissionais. Crédito da foto: Fábio Rogério

Gel – é feita por meio de uma substância composta por gel e pó acrílicos aplicada diretamente sobre a unha natural com secagem através de cabine de luz UV. A durabilidade mínima é de 15 dias, e máxima de três meses. Sua aplicação deve ser feita sempre por um profissional.

Porcelana – é feita com pó de porcelana, que é aplicado desde a raiz até as pontas. Pode durar duas semanas, mas caso tenha retoque e manutenção adequada pode durar ainda mais, chegando até três meses. A manutenção deve ser feita a cada 15 ou 20 dias.

Fibra de vidro – também tem secagem através de luz ultravioleta, devendo ser feita somente por profissionais. Sua produção é a partir de fibra sintética, com durabilidade de 30 a 60 dias.

Fibra de seda – com procedimento de aplicação parecidos com a de porcelana e acrílico devido ao uso de luz ultravioleta, a de fibra de seda é recomendada para quem tem unhas fracas ou dificuldade em parar de roê-las. Sua durabilidade é de aproximadamente 45 dias, desde que haja manutenção adequada a cada 20 dias.

Plástico ou acrílico – é feita em resina acrílica em pó, e pode ser comparada às de porcelana devido ao seu processo de colocação, mas é uma versão considerada mais durável e resistente, além de oferecer uma aparência mais natural devido a sua coloração mais próxima do tom da pele.

Leia mais  No coração do Parque Nacional da Chapada Diamantina

Autocolantes – São para quem deseja praticidade. Isso porque já são compradas pintadas, e até dispensam cola na aplicação, bastando apenas tirar a película protetora do adesivo e pressioná-las contra as unhas naturais. A durabilidade é de até uma semana, caso seja bem aplicada e conservada. (Com informações do site Lugar de Mulher)

Cuidados com unha postiça e alongamento

As unhas artificiais não devem ser utilizadas por qualquer pessoa, sendo indicadas para casos em que há dificuldade de crescimento, e desde que não tenham nenhuma doença. Elas também devem ser usadas de maneira ponderada, e jamais continuamente. O alerta é da médica dermatologista Maria Laura Malzoni, do Hospital Evangélico e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

De acordo com a dermatologista, “é preciso destacar que as unhas artificiais não devem ser utilizadas por qualquer pessoa. Inicialmente seriam indicadas para pessoas com dificuldades de crescimento das unhas, sem patologias prévias e sem contraindicações a contato com os produtos em questão.” Com isso, ela orienta evitar o uso rotineiro e deixar essas técnicas apenas para ocasiões especiais, devido aos riscos de malefícios ao aparelho ungueal.

Para a dermatologista, as unhas artificiais não são saudáveis para serem usadas continuamente, mesmo para quem as tem sem nenhuma enfermidade. Como exemplo ela cita que o procedimento da unha em gel é iniciado com processo de desidratação, além de utilizar fontes de radiação ultravioleta (que pode ser quatro vezes mais forte que a luz solar), e, como já sabemos, a longo prazo é causadora de manchas e câncer de pele, que pode ser muito grave.”

Outra orientação da dermatologista é de que o procedimento de retirada deve ser feito sempre por um profissional, seguindo-se suas instruções para evitar traumas e danos à lâmina e ao leito ungueal, uma vez que as unhas podem apresentar enfraquecimento devido ao processo de desidratação.

As unhas postiças, vendidas em lojas de cosméticos, apresentam, segundo a dermatologista, menos riscos que as demais, pelo fato de não causar a desidratação, e nem necessitar das câmeras de utravioleta e de LED. Porém, esse tipo de unha, conforme observa a médica, apresenta risco de infecção por fungos e bactérias, por acumular umidade. Além disso, há possibilidade de trauma na retirada. (Adriane Mendes)

Comentários

CLASSICRUZEIRO