fbpx
Mix

Meses frios pedem menos banho

Meses frios pedem menos banho
Cuidar da temperatura da água e secar bem o animal após o banho é essencial. Crédito da foto: Divulgação

Ainda estamos no inverno e a estação mais fria do ano sempre traz uma preocupação extra aos tutores: o que fazer em relação ao banho do pet? Antes de mais nada, é preciso saber que, no inverno, esse assunto requer uma atenção especial dos humanos e que a rotina do animal vai, sim, sofrer alterações.

A primeira dica é que, no inverno, em relação à higiene, é indicado um número menor de banhos, orienta o médico veterinário Marcello Machado de Azevedo. “A frequência dos banhos varia muito de cão para cão. De maneira geral, quando o assunto é banho, caso o pet não se suje de forma extrema com frequência, quanto menos, melhor para a saúde da pele e pelagem. Prefira escovações bem feitas ao banho, sempre que possível”, afirma o profissional.

Leia mais  Natal com pets exige cuidados especiais

No frio, como já dito, é indicada a redução do número de banhos. “Quando for necessário, ter atenção quanto à temperatura da água, que deve ser agradável (cuidado com banhos muito quentes). O local do banho deve ser isolado de correntes de ar e, após o procedimento, o pet deve ser seco de forma adequada, sem que permaneça com pelos úmidos”, afirma Azevedo.

E atenção: no início e no final do inverno é comum uma troca de pelagem — e algumas raças apresentam normalmente um aumento de queda de pelos. Neste período, as escovações são muito importantes para a remoção de pelos velhos e também auxiliam na higiene do pet.

Banho a seco

“Os banhos a seco com produtos apropriados podem der uma boa alternativa quando a sujeira não for muita e o tutor apenas deseja remover aquele cheirinho mais desagradável”, explica o veterinário.

Leia mais  Príncipe Harry e Meghan Markle celebram dois anos do noivado

Basicamente, o banho a seco é aquele que não exige o enxague posterior. Os produtos podem ser aplicados em spray ou diretamente na pele. Uma dica importante: o tutor deve se lembrar de testar o produto na pele do pet antes do banho em si para evitar reações alérgicas. (Portal Melhores Amigos)

Comentários