fbpx
Mix

Estímulo correto e xixi no lugar certo farão seu pet mais educado

Além de evitar a sujeira na casa, ensinar seu cachorro a “ir ao banheiro” é um excelente estímulo para a inteligência dele
Tutor deve ensinar o cão a fazer suas necessidades no lugar certo. Crédito da foto: Pixabay.com

Quando a pessoa decide adotar um cachorro, precisa prestar especial atenção à educação. Independentemente de decidir adotar um filhote ou um cão adulto, será fundamental começar a educá-lo a partir de sua chegada ao novo lar. Um dos passos mais importantes na primeira fase da educação é ensinar o cachorro a fazer as necessidades no lugar certo, como afirma o treinador Gilmar da L’Acqua.

Além de evitar a sujeira na casa, ensinar seu cachorro a “ir ao banheiro” é um excelente estímulo para a sua inteligência. Mas da L’Acqua lembra que se a opção foi por adotar um cachorro adulto que já tem as vacinas e desvermifugações atualizadas, pode ensiná-lo diretamente a fazer as necessidades na rua.

“Mas, se seu novo companheiro ainda é um filhote ou não tem o calendário de vacinas atualizado, você precisará esperar que ele complete o primeiro ciclo de imunização antes de levá-lo para passear nas ruas”, alerta.

Leia mais  Cão especial que ficou desaparecido em Sorocaba é encontrado

É possível ensinar

Enquanto isso, o treinador lembra que é possível ensinar o cão a fazer xixi e cocô no lugar correto dentro da casa. Para fazer isso, muita gente usa o clássico jornal ou papel absorvente, porém, uma opção mais higiênica e prática é adquirir uma caixa de areia para cachorro. “Embora estejamos mais acostumados a associar a caixa de areia aos gatos, também é possível treinar o seu cão para usá-la corretamente”, garante da L’Acqua.

“Hoje em dia, você pode encontrar uma grande variedade de modelos de caixa de areia para cachorros nos pet shops e na Internet”, diz. As opções mais econômicas costumam ser aquelas tradicionais caixas de plástico reforçado, em cujo interior acomoda-se a areia. Porém, já existem sanitários inteligentes para cachorros que incorporam um sistema de autolimpeza e requerem um investimento mais elevado.

Material tem de ser resistente

Independente de quanto o dono de um cão pretende investir na caixa de areia, é bom optar por um modelo fabricado com materiais resistentes, já que oferecem uma vida útil mais longa e permitem uma melhor higienização.

Leia mais  Natal com pets exige cuidados especiais

Da L’Acqua explica que, para ter certeza de escolher a caixa de areia ou sanitário ideal para o cão, “basta medir a altura e largura total do corpo dele.”

Areia de caixa diferente

“É preciso lembrar que o cachorro deve sentir-se minimamente confortável no interior da caixa para poder ir ao banheiro, sendo capaz de se agachar e dar uma volta completa (360º) em torno do seu próprio eixo”.

O treinador lembra ainda que a areia para a caixa do cachorro não é a mesma que a do gato. “Se você observar a areia para cachorros, verá que é composta por grãos mais grossos e mais absorventes, já que os cachorros costumam fazer um maior volume de urina e fezes que os felinos”, afirma. Nos pet shops físicos ou online, é possível encontrar vários tipos de areia para a caixa do seu cão. (Portal Melhores Amigos)

Comentários