Mix

Cuidados essenciais na alimentação dos felinos

A alimentação dos felinos é um dos pilares para a sua boa saúde. Por isso, escolher a comida certa pode fazer toda a diferença para a saúde e felicidade de seu gato.

Para muitos, essa pode ser uma tarefa difícil. Então confira as nossas dicas!

A escolha de uma boa ração para gatos

A maioria dos gatos não tem problemas para comer, mas alguns precisam de um pouco de incentivo para manter uma dieta saudável. 

A escolha de uma ração para os gatos é fundamental para a sua saúde. 

No caso as rações completas fornecem todos os nutrientes necessários ao gato, de modo que nenhum outro alimento é necessário, enquanto os alimentos complementares precisam ser combinados com outros alimentos para o equilíbrio certo de nutrientes.

Quantidade de comida 

Muitas empresas fazem rações especialmente para filhotes, adultos e idosos. Dessa forma, é tão importante saber escolher a idade ou estágio de alimentação correto. Assim, pode ter certeza de que as necessidades nutricionais do seu gato está sendo atendida.  

Sobre comer, os gatos preferem muitas refeições pequenas no decorrer do dia. Se está mais presente em casa, pode dar em pequenas quantidades do que sempre deixar a vontade. Assim, ele sempre terá ração fresca.

Mas se o seu gato estiver comendo muito e ganhando peso, pode ser melhor alimentá-lo com refeições limitadas por dia, e sempre controlar o acesso à comida.

Monitorar a alimentação do seu gato pode ajudar a manter o peso dele sob controle, bem como garantir que ele não coma alimentos que não deveriam.

Se um gato consumir comida destinada a outro animal de estimação, isso pode levar à obesidade ou até mesmo a problemas de saúde se a comida for medicamentosa.

Alimentos úmidos podem ser dado aos gatos?

Sim! Alimentos úmidos têm um benefício adicional em sua contribuição nutricional. Alimentos úmidos contêm 60-80% de água, e, quando se trata de comida enlatada de qualidade, é uma combinação perfeita com ração seca.

Os benefícios da comida úmida são muitos, mas só esse tipo de comida é insuficiente para oferecer todos os nutrientes necessários para o gatinho, então o fundamental é uma dieta mista (ração + alimento úmido).

Você pode conferir mais sugestões sobre cuidados na alimentação de gatos nessa matéria feita aqui: https://amoraospets.com/melhor-racao-para-gatos/.

Fique sempre atento a mudanças no comportamento alimentar que podem ser uma indicação de várias doenças, portanto, quanto mais cedo uma doença for diagnosticada, mais cedo o gato poderá receber os cuidados certos de que precisa.

O que mais precisa saber?

Alimente o seu gato com comida de gato enlatada e seca – Tanto a comida enlatada como a seca darão ao seu gato o alimento de que necessita, mas a comida desidratada também ajuda a limpar os dentes.

Alimente seu gato algumas vezes ao dia – a comida desidratada pode ser deixada no chão o dia todo para que ele possa comer quando quiser. Gatinhos e gatos mais velhos precisam de refeições menores, mas mais frequentes.

Seja consistente – você vai perceber qual ração seu gato mais vai gosta. Muitas vezes ele nem tocará na ração, como sinal de reprovação. Tente não mudar a dieta do seu gato com frequência, pois isso pode causar dor de estômago.

Seja higiênico – certifique-se de que as tigelas de comida e água estejam bem longe do local que fazem as suas necessidade. Os recipientes para alimentos, inclusive aqueles que são usados ​​apenas para alimentos desidratados, devem ser limpos diariamente. Os gatos são criaturas bem higiênicas e alguns não comem em tigelas sujas.

Forneça água acessível – água limpa e fresca sempre deve estar disponível. A água deve estar em uma tigela de cerâmica ou metal. É aconselhável ter uma segunda tigela de água, colocada longe das tigelas de comida, e sempre limpa! 

Selecionando um alimento: o que procurar

Escolher uma boa ração que ajude seu companheiro a se manter saudável e feliz é uma grande decisão. Para comprar a ração ideal, você deve considerar as características de seu gato.

Os gatos têm necessidades nutricionais muito específicas e, em um mercado lotado, saber como selecionar uma boa opção pode ser complicado.

Uma maneira fácil de saber se você está fornecendo uma boa comida para gatos é simplesmente verificar o rótulo. 

Como as marcas diferem em qualidade, também vale a pena fazer sua própria pesquisa. 

Evite quaisquer marcas totalmente desconhecidas e com preços muito baratos. Opte por uma empresa que seja transparente sobre seu produto. 

Outro ponto a ser considerado, é que muitas vezes o gato vai precisar de uma ração medicamentosa. Por exemplo, se tiver problemas de trato urinário ou obesidade. Neste caso, é aconselhável comprar uma ração específica para o seu problema de saúde.

Quando você deve mudar a ração?

Mesmo que você faça sua lição de casa e selecione uma boa dieta disponível para o seu gato, pode ser necessário mudar os alimentos. Nem todos os alimentos combinam com todos os gatos.

Um sinal revelador? Vômito. Outros sinais de que a ração não é adequada para o seu gato incluem fezes moles, fezes frequentes, sangue nas fezes, flatulência excessiva ou fezes com cheiro muito ruim. Comichão e queda de pelo podem ser indicativos de uma alergia alimentar.

Para alguns gatos com doenças como doenças renais, problemas do trato urinário ou diabetes, o veterinário pode sugerir a mudança para um alimento especialmente formulado.

Sempre consulte seu veterinário se você estiver preocupado com a saúde ou dieta do seu gato.

Idade, peso e estilo de vida geralmente determinam no final não apenas o tipo de dieta, mas as quantidades de que ele precisa.

É aconselhável monitorar seu estado de saúde –e em caso de dúvida vá ao veterinário–, mas se o animal não apresentar obesidade ou desnutrição e permanecer ativo, a princípio não deve se preocupar.

Comentários