Cruzeirinho

Visão e audição afiados

Visão e audição afiados
Crédito da foto: AFP/ Prakash Mathema

Elas têm cara de serem bichinhos super curiosos, com esses olhões afiados para enxergar no escuro. Assim são as corujas, que existem no mundo em mais de 210 espécies diferentes, das quais cerca de 24 são aqui do Brasil.

O hábito noturno das corujas — ficarem acordadas e em ação de noite e dormindo de dia — é a sua característica mais conhecida. Voltando ao assunto do escuro, elas realmente são boas em se locomover e até caçar durante a noite, mas engana-se quem pensa que elas enxergam sem nenhuma luz. Elas precisam que haja pelo menos um pouquinho de luminosidade para conseguir ver.

Além da capacidade dos olhos, esses animais possuem muitas outras curiosidades. Sua cabeça, por exemplo, pode girar até 270 graus, o que amplia muito seu campo de visão e ajuda na hora da caça, assim como sua audição super apurada. Entre suas principais presas estão os roedores e insetos.

Leia mais  Atitudes simples ajudam a preservar o meio ambiente

Existem, na natureza, corujas muito pequenas, que não passam de 60 gramas de peso, como as da espécie caburé-miudinho (Glaucidium minutissimum), enquanto outras, como a coruja jacurutu (Bubo virginianus), podem passar dos dois quilos.

Assim como outras mamães do reino animal — e as humanas também — as corujas são super cuidadosas com seus filhotes. Quem já passou por um buraco onde uma delas tenha feito um ninho sabe bem como é. Ficam de plantão, protegendo a cria e, quando se sentem ameaçadas, chegam até a atacar.

Comentários

CLASSICRUZEIRO