Cruzeirinho

Poesia para vencer o medo

Poesia para vencer o medo
Crédito da foto: Divulgação

Vanessa Marconato Negrão

Emicida, rapper e poeta paulistano, lançou seu primeiro livro infantil em 2018. E foi um sucesso! Não conheço criança que não ame “Amoras”, por isso havia muita expectativa para “E foi assim que eu e a escuridão ficamos amigas”. Quem explica o que motivou a criação do livro, concebido durante o período de isolamento na quarentena, é o próprio autor:

“Há algum tempo eu queria brincar com as palavras e esse tão comum medo do escuro. Queria muito usar isso pra dizer que esse medo tem como origem a distância e que, quando nos aproximamos, ele vai embora. Curiosamente, quando entramos na pandemia da Covid-19, eu fiquei com uma grande dificuldade de concentração, ansioso e angustiado, como todo mundo. Comecei a ler sobre o medo e as origens dele e acabei refletindo sobre a importância de fazermos as pazes com todos os nossos sentimentos, inclusive esses tidos como menos nobres. Falar sobre isso agora, no meu entender, é uma forma de reorganizar as nossas emoções, pacificar o interior de uma forma urgente, principalmente nas crianças. Recentemente, a minha filha fez uma tarefa da escola em que ela precisava descrever a emoção dela sobre a quarentena. A última frase que ela escreveu estava incrível, era assim: ‘Sobre a quarentena, eu imaginei que fosse ser legal, mas agora já mudei de ideia’. Quer dizer, os pequenos sabem e sentem absolutamente tudo o que está acontecendo. Precisamos falar com eles sobre isso considerando a sua grande capacidade de percepção.”

Leia mais  Ys IX: Monstrum Nox aposta em receita que dá certo

O livro fala de uma menina tem medo da escuridão. Quando chega a noite, vem a preocupação e a ansiedade: afinal, o que o escuro pode esconder? O que ela nem imagina é que, do outro lado, a escuridão também é uma menina — cujo maior medo é a claridade, e todo tipo de coisa que se revela quando nasce o sol. As duas meninas vão descobrir que enfrentar os próprios medos pode — quem diria? –, nos transformar por dentro e por fora.

As ilustrações são de Aldo Fabrini e a editora é a Companhia das Letrinhas.

Vanessa Marconato Negrão é professora e apaixonada por literatura infantil.

Comentários