Cruzeirinho

Eu e o Cruzeirinho

Eu e o CruzeirinhoNa semana passada, você conferiu um pouco da história do Cruzeirinho, que este ano completará 46 anos no dia 1º de junho. Há mais de quatro décadas, o jornalzinho, como é carinhosamente chamado pelos pequenos leitores, fez e faz parte da vida de muitas crianças de Sorocaba e região. Muitas, inclusive, já cresceram e se tornaram adultas.

A prova de que o Cruzeirinho marcou a infância de várias gerações pode ainda ser conferida em nossas redes sociais. Na última semana, recebemos vários comentários dos nossos leitores — pequenos e grandinhos — contando algumas das suas lembranças com o suplemento. Confira alguns depoimentos muito legais:

Sannye Estevam
“Fui capa em 1976 quando fiz aniversário de um ano, tenho a edição até hoje (figurinha de carinha com coração)”

Juliana Guilhoto Miguel Jbelle
“Eu tinha duas pastas com centenas de edições do Cruzeirinho. Amava. Colecionava quando era criança. Gostaria de não ter me desfeito delas depois…”

Juliana Vieira
“Amava, aguardava ansiosamente todo domingo. Lembro também das ilustrações da Selma Said”

Leia mais  Um livro para todas as infâncias

Ana Laura
“O Cruzeirinho marcou minha infância, adorava, colecionava! Aí, mais tarde, nos anos 90, trabalhei no Cruzeiro do Sul e pude estar, lado a lado, com a querida Selminha Said. Ser humano incrível, delicada, sensível, que, infelizmente, nos deixou muito cedo — mas que também nos deixou um legado de amor, valores, seja pelas publicações no Cruzeirinho, seus textos e desenhos, como em seus livros. Selma Said, eternamente no meu (figurinha de coração)”

Gisele Costa de Almeida
“Fez parte da minha infância, esperava o domingo para ver os desenhos da Selma Said. Tinha coleção de Cruzeirinhos.”

Cristiane Dallacqua
“Minha filha saiu por 2 vezes, tenho o jornal até hoje! Hoje minha filha tem 26 anos”

Comentários