Cruzeirinho

Emas voltam para a natureza no Chile

Emas voltam para a natureza no Chile
Os animais adoraram o contato com seu habitat na natureza. Crédito da foto: AFP Photo / Tompkins Conservation Chile / Marcelo Mascareno

Quatorze emas foram soltas no Parque Nacional Patagônia, sul do Chile. A ação, feita por uma organização chamada Tompkins Conservation, teve o objetivo de contribuir com a preservação da espécie.

Nos últimos anos, os cientistas observaram que caiu muito a população de emas no parque, devido à caça, pecuária, destruição de seus ninhos, retirada de seus ovos e ataques de cães. Em 2005, eles chegaram à conclusão que restavam apenas 20 emas por lá, o que mostrou que a espécie se encontrava à beira da extinção naquele lugar. Com o trabalho que tem sido feito de levar mais aves para viver no local, hoje 65 já moram no Parque Nacional Patagônia

A ema é uma espécie endêmica sul-americana que mede entre 1,50 e 1,80 metro de altura. Ela não pode voar, mas suas longas pernas podem correr a uma grande velocidade, assim como os avestruzes, seus primos africanos. (AFP)

Comentários