Cruzeirinho

Coluna ‘Eu já li’: um livro que não começa com era uma vez

'Este não é um livro de princesas'foi feito para quem é especial por outros motivos
Foto: Reprodução

Todas as meninas querem ser princesas! Viver num castelo, usar um vestido rodado, dançar valsa com um príncipe bonitão, usar uma coroa linda de morrer, espetar um dedo numa roca e, cataploft!!!!!! Dormir por cem anos! Eu hein!?

Eu gosto de histórias de princesas, mas devo lhes confessar: eu não sou uma princesa, nem de longe, eu sou só uma professora/mãe/devoradora de livros que gosta de falar deles pra vocês; também fico feliz se plantar umas árvores de vez em quando e comer um cachorro-quente grandão no sábado.

Blandina Franco que escreveu esse livro também não. Ela é uma escritora de livros infantis e nunca correu pelos corredores de seu castelo vestindo um vestido de veludo vermelho de colarinho rendado. Ela gosta mais de escrever, contar histórias e de comer pão com salsicha na hora do lanche.

Carlos Lollo, marido da Blandina, que ilustrou esse livro, adivinha? Também não é um príncipe. Ele nunca correu pelos campos montado num corcel branco, empunhando sua espada. Gosta mesmo é de desenhar, colecionar soldadinhos de chumbo e comer pão com salsicha com a Blandina.

E você? Quem você é? O que você gosta de fazer? O que te faz feliz? Você também come pão com salsinha na hora do lanche?

Eu perguntei pra um menino que acabou de fazer 6 anos se ele gostaria de ser um príncipe. Ele respondeu sem cerimônia “Eu não!!! Ser príncipe deve ser muito chato. E príncipes também fazem coisas erradas.” Disse que prefere ser bombeiro e gosta mais da salsicha com macarrão.

Já outra menininha de 4 anos me disse que até queria ser princesa “Mas só Às vezes” falou que gostaria de “usar um vestido beeeemmmm bonito, mas sem nenhum marido.” Não consegui perguntar sobre suas preferências por salsicha, ela saiu muito rápido pra brincar num tanque de areia.

Este não é um livro de princesas, da Editora Peirópolis foi feito pra você, que é uma pessoa especial por outros motivos.

Vanessa Marconato Negrão é professora e apaixonada por literatura infantil

Comentários