Educare

Plataformas online de leitura são porta de entrada para futuros escritores

Há quem prefira a boa e velha leitura tradicional, com livros em papel, ou então a facilidade e a agilidade dos livros digitais
Plataformas online de leitura são porta de entrada para futuros escritores
Uma grande parcela dos leitores está acompanhando seus gêneros preferidos por uma telinha de celular. Crédito da foto: Daniele Gonzales

Para muita gente, ter um livro físico em casa para folhear, guardar ou colecionar já virou coisa do passado. Com os e-books, tanto os publicados em editoras tradicionais quanto os autopublicados em plataformas digitais, uma grande parcela dos leitores está acompanhando seus gêneros preferidos por uma telinha de celular. É claro que as opiniões variam; há quem prefira a boa e velha leitura tradicional, com livros em papel, ou então a facilidade e a agilidade dos livros digitais.

Um exemplo de plataforma online para leitura que vem sendo uma grande alavanca para os novos escritores é o Wattpad. A plataforma permite que qualquer escritor, profissional ou não, publique um livro. E, para publicar, basta ter uma conta criada dentro da comunidade. Segundo o guia “Segredos do Wattpad – Guia informativo”, de Moisés Barrionoevo (@barrionoevo), em 2016 a plataforma reuniu aproximadamente 45 milhões de usuários. O Wattpad foi lançado em 2006, em Toronto, no Canadá, e se encontra disponível em dispositivos moveis IOS e Android.

E para os escritores, será que é um bom investimento optar pelas plataformas digitais? Publicar livros online os tornam menos escritores do que aqueles que são publicados da maneira tradicional, amparados por uma editora?

José Igor atua como escritor no Wattpad. Ele conheceu a plataforma quando seu amigo Danilo Barbosa estava fazendo o trabalho de divulgação de seus contos dentro da comunidade. Logo acabou se interessando e, quando se deu conta, já estava publicando seus livros dentro da plataforma. Hoje, ele brinca que encontrou uma casa para seus textos, reforçando que é na plataforma que permanecerá publicando seus futuros trabalhos.

Uma de suas referências é a escritora Agatha Christhie, que o inspirou a escrever seu livro “O cúmplice e o assassino”, um romance policial. Um dos intuitos de seu livro é fazer o leitor se sentir parte da história, cativando jovens adultos. O livro já foi lido mais de 220 mil vezes dentro da plataforma, e deparar-se com tal repercussão foi uma surpresa. “Não imaginava que teria essa proporção. Eu acompanhava todos os comentários do livro e era bem engajado em compartilhar nas redes sociais. Até que um dia me convidaram para fazer parte da aba de destaques de suspense e mistério dentro da plataforma. Eu nem imaginava a importância de se estar nos destaques, até eu escutar um podcast sobre literatura que se chama ‘Os doze trabalhos de um escritor’, de AJ Oliveira, no qual ele entrevistava um embaixador do Wattpad, explicando que uma comissão do Canadá seleciona as histórias em aba de destaque”, ele conta. “Eu só queria ser lido, foi uma enorme surpresa saber o tamanho da plataforma, e ver o quanto as histórias são bem vistas”.

Como leitor, normalmente, José Igor usa plataformas de leitura online para ler pequenos contos, devido ao desconforto de ler por uma telinha de celular. “Eu prefiro livro físico, porque sou um colecionador de livros e me apego ao material, além de ser bem mais confortável para ler. Até tentei ler pelo celular, mas não consegui me adaptar. Acho incrível quem consegue ler um romance inteiro online. Eu, por exemplo, uso o Wattpad como uma vitrine de amostra e, depois, vou para o e-book da Amazon para ler no Kindle — plataforma eletrônica, especifica para ler livros online”, diz Igor.

O Wattpad é uma porta de entrada para os aspirantes a escritores e uma vitrine para os já conhecidos que querem ter mais visibilidade e conquistar mais leitores, ele afirma. “Super indico a plataforma para quem quer começar a escrever e, também, para qualquer leitor que já escreve e que busca uma vitrine para seu trabalho, nem que seja para deixar um link para contato para adquirir seus livros. O Wattpad é uma plataforma que acolhe aspirantes a escritor, em todas as fases, desde quem está testando sua leitura até quem já chegou em sua fase profissional.”

Entre os escritores que preferem publicar livros com amparo de uma editora tradicional, Julia Coelho de 17 anos, autora do livro “O cemitério das palavras que eu nunca disse”, acredita que livros tradicionais são uma forma de registrar a essência da literatura e que não existe nada mais revigorante do que a emoção que um livro pode transmitir através das palavras escritas. Mas explica que entende as dificuldades dos novos autores em publicar livros físicos e a opção pela autopublicação em plataformas digitais.

“Eu compreendo porque sei que é difícil, em relação à editora e ao dinheiro, principalmente. Acredito que os prós de se publicar online compreendem, em primeiro lugar, o fato de as pessoas em si terem mais acesso, o fato de não haver cobranças, e até a maior facilidade de se obter reconhecimento”, ela defende, mas reconhece que esse reconhecimento pode ser superficial. “As pessoas compartilham, interagem, mas uma grande porcentagem dos leitores acaba esquecendo do escritor/poeta. É uma arte que está sendo reconhecida, porém não como trabalho”, ela diz. (Daniele Gonzales – Agência Focs)

Leia mais  Inep divulga nesta quarta-feira (16) os locais de prova do Enem
Comentários