Casa e Acabamento

‘Faça você mesmo’ requer boas ferramentas

Durante o isolamento social, tendência de se fazer pequenos consertos em casa ganhou novos adeptos
‘Faça você mesmo’ requer boas ferramentas
Existem algumas ferramentas indispensáveis de ter em casa. Elas ajudam na hora dos pequenos consertos. Crédito da foto: Divulgação / Escola Britannica

“Saber mexer com ferramentas abre outras facetas da nossa vida. Trabalhamos nossa criatividade, autoconfiança, autoestima, nosso senso de capacidade, tantas outras dimensões que vão além de consertar algo”, resume Mariana Pavan, criadora do Agiliza Lab, um canal que, desde 2017, tem a missão de aproximar as mulheres do mundo dos consertos domésticos e do “faça você mesmo”.

Durante o isolamento, a tendência de colocar as mãos à obra só se fortaleceu. Na internet, são milhares de conteúdos produzidos sobre o assunto. A autonomia de montar novos objetos também incentivou algumas pessoas a se arriscar em reparos pontuais da casa. Tratar um mofo, realinhar uma porta ou até mesmo consertar um chuveiro. As ousadias do projeto, claro, variam: desde uma pintura diferente na parede até a construção de uma nova mesa de trabalho – seja por necessidade ou estética.

Muito antes de transformar os ambientes, porém, algumas premissas são necessárias. Considere o espaço disponível na sua casa, isso ajuda a ter uma dimensão do local e comprar os itens necessários de acordo com as medidas, evitando desperdício.

Leia mais  Sala de estar: Três dicas de como escolher o modelo ideal de sofá

Dicas

Lembre-se também que o processo de colocar a mão na massa é educativo. Evite ferramentas que estejam quebradas ou enferrujadas. Para consertos hidráulicos, lembre-se de fechar o registro. E caso for fazer qualquer serviço que mexa com a parte elétrica, por mais simples que ele seja, desligue o disjuntor.

A segurança pessoal de entender o que está acontecendo e se sentir seguro o suficiente para fazer aquilo é essencial. A atenção deve ser redobrada quando falamos de manuseio de objetos cortantes ou perfurantes. Muitos itens vão depender do que você quer construir, mas existem algumas ferramentas indispensáveis de ter em casa.

Qual ferramenta usar

Chave de fenda e chave Philips: É interessante ter as duas ferramentas em dois tamanhos diferentes para que elas possam ajustar desde objetos pequenos a móveis e eletrodomésticos maiores.
Martelo: Um dos produtos mais conhecidos e utilizados.
Pregos diversos: Se for usar pregos, o ideal é usar os de aço.
Estilete: Enquanto alguns modelos permitem cortar materiais como vidros e azulejos, outros ajudam no manuseio de materiais de papelaria.
Alicate: O modelo universal é o mais indicado.
Lixa de madeira: Uma vez que a maioria dos objetos propostos pelo faça você mesmo é de madeira, tenha pelo menos uma.
Trena: É usada para medir distâncias de maneira geral.
Furadeira: É complementar ao martelo, mas é uma máquina muito mais forte e potente. É o símbolo máximo do faça você mesmo.
Diferentes tamanhos de buchas e parafusos: Lembre-se que você sempre vai usar os dois juntos. Há buchas específicas para cada tipo de parede.
Brocas: É importante lembrar que existem brocas específicas para materiais específicos.

Outros itens

Confira outros itens adicionais que não precisam ser guardados dentro da caixa de ferramentas, mas é interessante ter em casa por cobrir uma série de reparos e reformas.

Leia mais  Hábitos sustentáveis reduzem consumo de água

Cola: Seja Super Bonder, a cola quente ou alguma específica para objetos como madeira ou PVC.
Lubrificante multiúso: São multiúso no melhor sentido da palavra: tanto podem ajudar no processo de montar objetos quanto repará-los. Nível bolha: Ele é interessante principalmente para quem vai instalar objetos com furadeira: prateleira, varal e cortina. Ele indica se os objetos estão posicionados de forma reta.
Chave inglesa: Seu maior uso é na área hidráulica, mas pode ser muito bem usado na montagem de móveis.
Fita isolante: Todo fio exposto é um choque em potencial. A fita tem como função primordial isolar componentes elétricos e impedir o choque.
Fita Veda Rosca: Serve para vedar as roscas de conexão. Às vezes a rosca do chuveiro tem um tamanho diferente da rosca do cano, fazendo com que um pouco de água escape. A fita impede essa saída.
Produtos de acabamento: Para a madeira, é ideal ter uma seladora ou um verniz para garantir que a superfície não absorva umidade. Para outros materiais, decore ao seu gosto com cores e formatos. (Ana Lourenço / Estadão Conteúdo)

Comentários