Casa e Acabamento

Estilo Industrial, a beleza do imperfeito

O estilo industrial é marcado pelo uso de materiais desgastados e imperfeitos. A tendência correu o mundo
Estilo Industrial, a beleza do imperfeito
Porcelanatos e revestimentos da Biancogres, da coleção Metrópole, ajudam a trazer para o ambiente o jeitão ‘industrial’, com o aspecto de material oxidado e manchado. Feito para parecer usado. Crédito da foto: Divulgação

O estilo industrial é marcado pelo uso de materiais desgastados e imperfeitos – em Nova York, berço desse estilo, os assim chamados lofts foram espaços que, literalmente, serviam como indústrias no passado e que foram convertidos em habitações descoladas, com um estilo marcante, ou seja, o visual ‘imperfeito’, nesses casos, já vem de berço.

A tendência correu o mundo. Empresas como a Biancogres, por exemplo, desenvolveram coleções específicas de porcelanatos e revestimentos para atender a públicos específicos. Mas não apenas nessas áreas. Há propostas de mobiliário ‘industrial’, pinturas e quadros.

Leia mais  O que é e como se usa o piso vinílico?

 

Mas, não se engane. Tudo é muito chique e elaborado nesses ambientes.

Certamente a tendência vai de encontro à necessidade de pessoas terem uma casa que mostre sua alma e sua personalidade, mais que morar num lugar impecável feito para agradar às visitas. Como um reflexo desse novo comportamento, estilos com mais ‘vitalidade’ ganharam força. O estilo industrial é marcado pelo uso de materiais desgastados, muitos tons sóbrios, móveis de metal, revestimentos interessantes e um inegável clima urbano.

Estilo Industrial, a beleza do imperfeito
Crédito da foto: Divulgação

Aqui no Brasil, no entanto, essas referências se misturam ao brutalismo (uma estética crua que destaca pilares, um visual de obra inacabada e o conceito puro da arquitetura: a construção de espaços de forma organizada e ordenada para acomodar atividades humanas), graças ao trabalho de profissionais como Paulo Mendes da Rocha e João Batista Vilanova Artigas. Um pouco norte-americano, um pouco brasileiro…

Características do estilo

Alguns truques ajudam a conquistar um efeito despojado e urbano. Janelas com esquadrias de ferro, divisórias de metal e vidro, tubulações a mostra, o piso com marcas do tempo e paredes descascadas – ainda que muitas vezes estes efeitos sejam reproduzidos em residências novas.

Estilo Industrial, a beleza do imperfeito
Móveis usando material reaproveitado, ou peças usadas de maquinário, ou que apenas tenham um aspecto mais reforçado, para uso pesado, compõem muito bem os espaços nesse estilo. Crédito da foto: Divulgação

Os itens com histórias para contar ou marcas do tempo são essenciais neste estilo. Pode ser uma poltrona de couro com pequenos rasgões, um tapete desbotado ou um carrinho enferrujado. No industrial, o mobiliário vintage sempre fala mais alto. Juntar estética e praticidade no mesmo produto é alternativa contemporânea para ter o visual desgastado sem precisar se preocupar com a manutenção da casa a toda hora. (Da Redação)

Comentários