Casa e Acabamento

A leveza e o colorido da primavera

Estampas florais, plantas e tonalidades vivas trazem o frescor da estação para os ambientes da casa
A leveza e o colorido da primavera
Clima primaveril torna a casa mais agradável: combinação de folhagens com almofadas e tapetes de cores alegres. Crédito da foto: Luis Gomes / Divulgação

A primavera chegou na semana passada e o inverno foi embora. O desabrochar das flores traz mais cores ao dia a dia em um ano de dificuldades. Não faltam motivos para receber bem a estação. Mas como promover essa preparação e renovar o lar, que se tornou muito mais presente em nossas vidas nesse ano?

Para isso, um time de arquitetos dá uma série de dicas para tornar a casa mais leve e colorida. A arquiteta Cristiane Schiavoni é adepta da parcimônia. Levando em consideração que nem sempre é necessário promover alterações profundas, ela indica que é possível inserir o espírito da primavera com poucas mudanças. “Saem de cena as mantas de tricô e os tons sóbrios. É muito gostoso quando conseguimos conferir esse clima alegre com a substituição de objetos e almofadas na sala de estar e na varanda”, diz Cristiane.

Leia mais  Como trocar fechaduras de um jeito simples e fácil? Siga as dicas

A arquiteta aposta no azul claro. “Quem preferir, pode seguir pelos tons pastel, mas o momento também abre o leque para as nuances mais vibrantes e intensas”, diz.

As arquitetas Paula Passos e Danielle Dantas enfatizam a renovação que a estação evoca nas pessoas. “Se olharmos pelo significado, o equinócio da primavera vem como um renascimento e a chance de voltar à vida depois do recolhimento que inverno nos estimula. As cores são a nossa forma de expressão em casa”, diz Paula. Elas sugerem eleger uma parede pontual que pode receber as cores da estação e, na cozinha, evidenciar potes coloridos e panos de pratos bordados com flores e folhagens.

A leveza e o colorido da primavera
Jardins verticais dão o tom verde e natural para o conforto das varandas gourmet. Crédito da foto: Carlos Piratininga / Divulgação

Para Roberta Iervolino Giglio, “amarelo, laranja, rosa, verde e azul se ajustam perfeitamente com a estação”. A arquiteta Paula Passos chancela as cores apontadas por Roberta e expõe outra tendência para o período: o neo mint, que revela um toque futurista e, ao mesmo tempo, a conexão com a natureza, e o pink, que simboliza a fusão do rosa com o violeta. “Aprecio muito esse mix que desperta a jovialidade e o romantismo de uma forma muito moderna”, diz Paula Passos.

Leia mais  Quais as melhores plantas para cultivar em casa?

De todas as transformações para revelar a primavera, flores e plantas não podem faltar. Nesse aspecto, elas podem estar presentes de várias formas, como em jardins verticais, em vasos nas varandas, salas de jantar e estar, e qualquer outro lugar da casa. Elas trazem a vivacidade e o frescor da natureza para o dia a dia.

A arquiteta Erika Mello demonstra seu olhar para os acessórios. Além da decoração em si, ela recomenda tirar do armário os acessórios utilizados em ocasiões especiais. “Que tal expor na mesa os sousplats com motivos florais combinados com copos, talheres, guardanapos, travessas e apoios de panela com cores mais vibrantes?”, sugere Erika.

A leveza e o colorido da primavera
Acessórios para mesa e vasos com flores são algumas dicas simples de arquitetos. Crédito da foto: Thiago Travesso / Divulgação

Pati Cillo sugere salpicar os ambientes com peças coloridas: tapetes, cachepôs, flores e essências. É hora de expor os vasos coloridos e os objetos de décor que não estavam contemplados nos dias de inverno, observa Pati.

A primavera também abre a perspectiva para a aplicação de papel de parede e tecidos florais, que podem apresentar desde ilustrações menores, até as mais trabalhadas, com desenhos à mão. Materiais do tipo sisal, vime e a corda, por exemplo, remetem à natureza. (Da Redação)

Comentários