Sorocaba e Região

Votorantim: Dona de bar é baleada em tentativa de latrocínio

Homem entrou no bar para "comprar óleo", quando sacou uma arma de fogo e anunciou o assalto
O assaltante desferiu dois tiros na dona do bar, um no abdômen e outro na coxa esquerda. Crédito da foto: Divulgação/Polícia Militar

Atualizada às 15h59

A dona de um bar ficou ferida depois de ser atingida por dois tiros durante uma tentativa de latrocínio na noite desta segunda-feira (9) em Votorantim. De acordo com a Polícia Militar, um homem teria entrado no comércio que fica no bairro dos Morros por volta das 20h para “comprar óleo”, quando sacou uma arma de fogo e anunciou o assalto.

A dona do estabelecimento e sua companheira foram rendidas e levadas pelo assaltante para uma quarto na casa das vítimas, que fica junto ao estabelecimento.

A companheira reagiu e lutou com o criminoso para tentar desarmá-lo. Durante o conflito, ele atirou duas vezes, atingindo a dona do bar. Os disparos atingiram o abdômen e a coxa esquerda da vítima. Após o crime, o suspeito fugiu deixando a arma e o capacete no local.

Segundo a PM, a mulher foi socorrida com sinais vitais estáveis e aguardava transferência para o Hospital Regional, em Sorocaba. O atual estado de saúde da vítima não foi divulgado. Já a companheira apresentou hematomas e escoriações pelo corpo, mas dispensou atendimento médico.

Leia mais  Crianças continuam a trabalhar nos semáforos de Sorocaba

Apreensão

Durante patrulhamento na madrugada desta terça-feira (10), a Força Tática avistou, por volta das 4h, um veículo conduzido por uma mulher na avenida Jaziel de Azeredo Ribeiro, em Votorantim. Ela estava acompanhada por dois homens.

A PM acompanhou o trajeto e fez a abordagem na rua Venezuela, em Sorocaba. No interior do carro foi apreendido munições de diversos calibres, um carregador de metralhadora e drogas. Uma metralhadora e mais um homem também foram localizados na casa de um dos passageiros.

De acordo com a polícia, um dos detidos era procurado pela Justiça pelo crime de roubo. Ele assumiu os disparos contra a dona do bar, na noite anterior.

A mulher que dirigia o veículo foi liberada. Já os três homens, ficaram presos à disposição da Justiça. (Da Redação)

 

Comentários