Sorocaba e Região

Volta ao mundo em van de casal argentino passa por Sorocaba

Viagem de Diego e Cecília fez parada na cidade onde ele passou a infância
Cecília e Diego saíram da Argentina e estacionaram em Sorocaba. Crédito da foto: Erick Pinheiro.

“Uma viagem sem tempo e sem destino”. Essa foi a definição de Diego Franco, de 33 anos, que largou o trabalho formal para viajar em uma van pelo mundo, junto da companheira, Cecilía Escalante, de 28 anos, e dos cachorros Tony, um pitbull e a vira-lata Lila.

O casal e os mascotes partiram da Argentina e estacionaram a motorhome em Sorocaba no último sábado (2), próximo a Biblioteca Municipal. A cidade do interior de São Paulo é parte da história de Diego, que viveu no município até os 13 anos.

Leia mais  Trem turístico entre Sorocaba e Votorantim terá mais dois vagões

 

A ideia de cair na estrada surgiu quando ele ficou sem emprego, em dezembro de 2017. Cecília, que já tinha disposição para aventura, partiu com o namorado em uma viagem de moto, mas o casal queria ainda mais. “Eu trabalhava aos sábados, domingos, todos os dias, 12 horas. Via outros viajantes e pensava ‘é uma possibilidade’ e hoje estou vivendo assim”, disse Cecília.

Casal comprou uma van e adaptou para viajar. Crédito da foto: Erick Pinheiro.

Cansados da rotina de trabalho, ela como vendedora e ele na área de comércio exterior, venderam tudo o que tinham na Argentina: casa, móveis e carro, para investir na casa sob rodas. “Para mim foi chocante a diferença da importância que nós damos para as coisas e para o dinheiro”, comentou Diego.

Em agosto de 2018 a viagem do “4 x el Mundo” teve início. Os dois criaram uma conta no Instagram, rede social de fotos, para compartilhar as imagens da viagem.

Assim que saíram da Argentina, passaram pelo Paraguai e vieram conhecer os estados do Brasil. O tour começou pelo sul, como Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e depois o sudeste, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

“Sempre gostei de viajar, mas para mim foi um pouco difícil de acostumar com um local pequeno, nós dois e os cachorros. Mas agora me acostumei e gosto muito, ficamos a maior parte do tempo fora da van”, falou a argentina.

Para conseguir se manter, a dupla faz trabalhos pelas cidades por onde passa, em troca de alimentação e hospedagem. Além disso, eles fazem artesanatos, como cadernos, pulseiras e colares de macramé e produzem vídeos promocionais.

O motorhome é produto de uma troca: um carro Fiat Strada pela van Renault Trafic. As adaptações para se tornar uma casa foram todas feitas manualmente pela dupla, desde a cama ao sistema que fornece água para banho.

Os próximos passos desta trajetória começam nesta quinta-feira (7). Eles devem sair da cidade com destino a Foz do Iguaçu, no Paraná. Depois, o sonho é chegar ao México pelos países que fazem fronteira com o oceano pacífico, em até três anos. (Aline Albuquerque)

Dupla levou os cães Tony, um pitbull, e a vira-lata Lila. Crédito da foto: Erick Pinheiro.

 

Comentários