Sorocaba e Região

Vítimas de acidente na Castelinho eram projetista e encarregado de orquestra

Os sepultamentos estão marcados para cemitérios de Sorocaba
As duas vítimas estavam no ônibus, que seguia para São Paulo. Crédito da foto: Emídio Marques (10/7/2019)

Os corpos das duas vítimas do acidente na rodovia Senador José Ermírio de Moraes (SP-75), também conhecida como Castelinho, serão sepultados nesta quinta-feira (11) em Sorocaba. José Carlos de Lima Junior, 55 anos, e Claudinei Norberto dos Santos, 68, estavam no ônibus que bateu de frente na traseira de um caminhão, na manhã de quarta-feira (10), no quilômetro 3 da pista sentido São Paulo.

Santos era casado e tinha um filho. Ele já era aposentado, mas trabalhava como projetista e exercia a profissão em uma empresa na capital paulista. Como morava em Sorocaba, viajava diariamente para São Paulo em um ônibus fretado.

O velório de Santos acontece na Ossel Central de Sorocaba. O corpo será sepultado no cemitério Pax, às 14h30.

Já o corpo de José Carlos de Lima Junior foi sepultado às 11h no cemitério Pax. Ele era casado e tinha quatro filhos.

Lima Junior frequentava a Igreja Cristã do Brasil, situada no bairro Cerrado, em Sorocaba. Ele era encarregado pela orquestra.

Segundo o Corpo de Bombeiros, provavelmente havia neblina no momento do acidente na Castelinho. O ônibus teria batido na traseira do caminhão, que estaria trafegando lentamente.

O motorista do caminhão sofreu ferimentos e foi levado a um pronto-atendimento na Vila Martins, em Itu. Outros três passageiros do ônibus também ficaram feridos e foram encaminhados para o Hospital Regional, em Sorocaba. (Da Redação)

Leia mais  Namorado de mulher encontrada morta em casa é ouvido na DIG em Sorocaba
Comentários

CLASSICRUZEIRO