Sorocaba e Região

Sorocaba terá ações para reduzir o atropelamento de capivaras

Ações serão realizadas nos locais de maior incidência de atropelamento, principalmente na avenida Dom Aguirre
Capivaras
Capivara habita margens de rios e lagoas. Crédito da foto: Marcel Scinocca

Para reduzir o atropelamento de capivaras nas ruas de Sorocaba, a Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema) está estudando medidas para alertar os motoristas da presença do animal silvestre na região.

“Esse foi um pedido da prefeita Jaqueline Coutinho e estamos estudando qual a forma mais eficaz para realizar esse trabalho de prevenção e conseguir reduzir os atropelamentos, que ocorrem principalmente no período noturno”, explica o secretario do Meio Ambiente, Maurício Tavares da Mota.

De acordo com a Sema, as ações serão realizadas nos locais de maior incidência de atropelamento, principalmente na avenida Dom Aguirre. “Recentemente tivemos alguns casos na cidade e isso nos preocupa. Queremos sensibilizar a todos para garantir a segurança da fauna e também dos motoristas, já que um acidente pode ser fatal para ambos”, acrescentou Mota.

As pessoas devem dirigir sempre na velocidade permitida e próximo a cursos d’água e vegetação devem redobrar atenção nas vias. A capivara é o maior roedor do mundo e é nativa da fauna brasileira. Habita banhados, margens de rios e lagoas, vive em grupo e se alimenta de gramíneas e vegetação aquática.

Leia mais  Capivara é encontrada morta em calçada da avenida Dom Aguirre

 

Capivara encontrada morta

Na quarta-feira (28), uma capivara foi encontrada morta na avenida Dom Aguirre, com sinais de atropelamento. O local onde o animal foi encontrado fica próximo à praça Lions, ao lado do rio Sorocaba.

A presença da capivara morta chamou a atenção dos motoristas que trafegavam pela Dom Aguirre, uma das avenidas mais movimentas da cidade. (Da Redação, com informações da Secom)

Comentários