Sorocaba e Região

Sorocaba tem 1.604 casos confirmados de dengue

Dos mais de 150 mil imóveis visitados, 23.880 receberam nebulização
Sorocaba tem 1.604 casos confirmados de dengue
A cidade vive uma epidemia da doença desde o último dia 3 de fevereiro. Crédito da foto: Divulgação / Prefeitura

Nos últimos dias, Sorocaba confirmou 77 novos casos de dengue, totalizando 1.604 casos neste ano. Até a semana passada, o total era de 1.527. Os dados atualizados foram apresentados pela Prefeitura nesta quinta-feira (14).

Segundo a Prefeitura de Sorocaba, até o momento, a cidade tem 6.927 notificações de dengue, das quais 1.604 foram confirmadas. Desse total, 1.486 são autóctones, 98 importados, 22 indeterminados e 5.291 descartados.

A cidade registrou uma morte por dengue este ano e vive uma epidemia da doença desde o último dia 3 de fevereiro.

 

Conforme a Secretaria da Saúde (SES) até a semana passada, as três regiões com maior número de casos ficavam na área de abrangência das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) dos bairros Jardim Rodrigo, Parque São Bento, Wanel Ville e Nova Esperança.

Em continuidade ao combate do mosquito Aedes aegypti, a SES, por meio da Divisão de Zoonoses, removeu 220.730 quilos de criadouros do vetor até o dia 7. No mesmo período, 156.128 imóveis foram visitados ao redor de casos positivos de dengue. Os trabalhos são realizados todos os dias, de segunda-feira a domingo.

De acordo com a Zoonoses, a quantidade da remoção de criadouros foi possível graças ao trabalho de “arrastão”, com três caminhões auxiliando na retirada de recipientes que acumulavam água. “Essa atividade tem boa aceitação pela população, porém ainda é necessário ter mais colaboração e sensibilidade da sociedade em relação ao tema”, explica a coordenadora da Zoonoses, Thais Buti.

Dos mais de 150 mil imóveis visitados, 23.880 receberam nebulização. As demais residências precisaram da aplicação de larvicida, um produto que mata a larva do mosquito. Outros locais tiveram os criadouros tratados, no momento da visita, com sabão em pó ou detergente, que são produtos alternativos para matar as larvas do mosquito. (Ana Cláudia Martins)

Comentários