fbpx
Sorocaba e Região

Sorocaba perde 614 postos de trabalho em agosto

Resultado no Município contraria saldo de empregos gerados no Brasil
O resultado de agosto no País é o melhor para o mês desde 2013. Crédito da foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Pelo quinto mês consecutivo, o Brasil teve um saldo positivo na geração de emprego formal. Em agosto, o número de vagas adicionais no mercado de trabalho foi de 121.387. Em Sorocaba, no entanto, houve redução de vagas com carteira assinada no mês passado. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado ontem pela Secretaria de Trabalho da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

O resultado de agosto no País é o melhor para o mês desde 2013, quando foram criadas 127.648 vagas. Em agosto de 2018, houve abertura líquida de 110.431 vagas, na série sem ajustes.

No acumulado de janeiro a agosto de 2019, o saldo do Caged foi positivo em 593.467 vagas, o melhor desempenho para o período desde 2014, quando a abertura de vagas chegou a 751.456, na série com ajustes. No mesmo período do ano passado a criação de vagas era de 568.551. Já em 12 meses até agosto, houve abertura de 530.396 postos de trabalho.

Leia mais  Buraco em rua de Sorocaba aumenta e moradores precisam deixar casas

 

O resultado do mês no País foi puxado principalmente pelo setor de serviços, que gerou 61.730 postos formais, seguido pelo comércio, que abriu 23.626 vagas. Também tiveram saldo positivo no mês a indústria (19.517, construção civil (17.306) e administração pública (1.391). Já a agricultura fechou 3.341 vagas em agosto.

A economista da 4E Consultoria, Giulia Coelho, avalia que os resultados nacionais do Caged podem indicar uma retomada da confiança dos agentes econômicos; “Temos percebido um otimismo. Quando a gente compara com 2018, o mercado de trabalho está mais robusto, e deve ter um ganho de robustez no segundo semestre, com a liberação dos saques do FGTS”, diz Giulia.
Sorocaba

Em Sorocaba, ao contrário do Pais, o saldo do Caged em agosto foi negativo, houve perda de 614 vagas, após desempenho positivo em julho (198). Nos oito meses do ano, o saldo permanece positivo, com a criação de 980 postos de trabalho, assim como nos últimos 12 meses, em que foi contabilizada a abertura de 1.154 vagas.

Leia mais  Alunos participam no sábado de olimpíada de matemática

 

No acumulado do ano, a indústria (-955) e o comércio (-564) apresentaram demissões em Sorocaba, enquanto a construção (363), a administração pública (164) e os serviços (1.777) tiveram os melhores números.

O setor industrial puxou os números do emprego no município para baixo no mês passado, com a perda de 834 postos de trabalho. O setor da construção civil também demitiu, com recuo de 86 vagas. Por outro lado, serviços (191) e comércio (110) impediram que o desempenho geral fosse pior. (Da Redação com informações de Estadão Conteúdo e Agência Brasil)

Comentários