Sorocaba e Região

Sorocaba não terá trem para São Paulo

Cidade foi excluída da concessão do metropolitano da CPTM
Sorocaba não terá trem para São Paulo
O processo de concessão das linhas 8 e 9 da CPTM teve início em novembro do ano passado. Crédito da foto: Divulgação / CPTM

O Trem Intercidades São Paulo-Sorocaba (TIC) ficou de fora do projeto de concessão à iniciativa privada das linhas 8-Diamante (Júlio Prestes a Itapevi) e 9-Esmeralda (Osasco a Grajaú) do trem metropolitano da Grande São Paulo. Anteontem, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) realizou uma audiência pública na capital para informar detalhes do projeto e esclarecer as dúvidas da sociedade e do empresariado.

Havia uma expectativa de que o trem para Sorocaba pudesse ser oferecido aos investidores em conjunto das duas linhas do metropolitano — que juntas transportaram, em média, 1,089 milhão de passageiros em 2019. Essa possibilidade foi divulgada pelo secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, numa rede social no dia 16 de janeiro.

Na ocasião, em resposta a um internauta que o indagou sobre a prometida ligação ferroviária de passageiros entre Sorocaba e a capital, Baldy respondeu que havia “estudos sendo feitos com previsão de levar o trem de passageiros da linha 8 até Sorocaba na concessão que será colocada aos investidores privados”.

Leia mais  Ônibus rodam com 50% da frota a partir desta 2ª feira

A linha 8, ou Diamante, que liga Júlio Prestes a Itapevi, é parte da antiga linha tronco da Estrada de Ferro Sorocabana (EFS) e está inativa para passageiros a partir de Amador Bueno, um bairro na divisa com São Roque. A única menção feita à Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) pela CPTM na audiência pública foi a possibilidade futura de expansão da linha 8 até Mairinque.

O trecho entre Amador Bueno e Mairinque é de jurisdição da CPTM por sucessão da antiga Divisão de Metropolitano da Fepasa (DRM), mas não é mais atendido pelos trens de subúrbio desde 1998. Tanto a CPTM quanto a STM foram consultadas, por intermédio de suas assessorias de imprensa, se existe previsão para abertura de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) ou sondagem de mercado para o TIC São Paulo – Sorocaba, mas não houve retorno até o fechamento da edição.

Leia mais  Antecipação de feriado altera rotina de serviços públicos em Sorocaba

Concessão

O processo de concessão das linhas 8 e 9 da CPTM teve início em novembro do ano passado, quando o governo estadual publicou um aviso público de sondagem de mercado. Pela proposta, a concessão será feita por meio de concorrência internacional, por prazo de 30 anos, e vencerá aquele que oferecer o maior valor de outorga (total pago na assinatura do contrato).

A concessão prevê a modernização de 35 estações e construção de duas novas, aquisição de 30 trens-unidade e redução no intervalo entre as viagens. Após a audiência, fica aberta a fase de consulta pública, que recebe sugestões e questionamentos on-line em um prazo de 30 dias. De acordo com a CPTM, o edital final será publicado ainda neste semestre. (Eric Mantuan)

Comentários