Covid-19 Sorocaba e Região

Sorocaba e região voltam à fase laranja a partir de segunda (1º)

Nessa etapa, o funcionamento dos serviços não essenciais é limitado a até oito horas diárias
Sorocaba e região voltam à fase laranja a partir de segunda (1º)
Além de Sorocaba, a Grande São Paulo e as regiões de Campinas, Registro, Franca, São José do Rio Preto, São João da Boa Vista e Taubaté aparecem na fase laranja. Crédito da foto: Reprodução / GESP

Após uma semana na fase amarela, Sorocaba e as demais 47 cidades do Departamento Regional de Saúde (DRS) voltam para a fase laranja do Plano São Paulo a partir de segunda-feira (1º). A decisão foi anunciada pelo governo estadual, no início da tarde desta sexta-feira (26), durante entrevista coletiva, na Capital, sobre a 23ª reclassificação do Plano São Paulo. Sorocaba e região atualmente estão na fase amarela, que é menos restritiva que a laranja, desde segunda-feira (22).

Na etapa laranja, o funcionamento dos serviços não essenciais é limitado a até oito horas diárias, com atendimento presencial máximo de 40% da capacidade e encerramento às 20h. O consumo local em bares está totalmente proibido. A venda de bebidas alcoólicas em lojas de conveniência e restaurantes pode ocorrer até o limite entre 6h e 20h.

Já o funcionamento dos serviços considerados essenciais continua normalmente, cumprindo todos os protocolos sanitários e de segurança para os setores econômicos, de acordo com as regras do Plano São Paulo. Assim como os serviços não essenciais, que dentro das regras de funcionamento e horário, também devem seguir todos os protocolos de segurança para a prevenção da Covid-19.

Leia mais  Anvisa solicita atualização de bula da vacina de Oxford

Restrição de circulação

Em entrevista coletiva à imprensa, no início da tarde desta sexta-feira (26), o prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga (Republicanos), disse que não tinha informação sobre a possibilidade de Sorocaba e região regredirem da atual fase amarela para a laranja.

Manga falou com a imprensa sobre o início da restrição da circulação de pessoas, que começou a valer às 23h desta sexta-feira (26) até às 5h deste sábado (27).

A medida, que vale até o dia 14 de março, pretende coibir aglomerações, bem como festas ilegais, além da intensificação da fiscalização nas ruas, e aplicação de multas mais altas.

Manga disse ainda que Sorocaba já faz regularmente a fiscalização nas ruas da cidade para evitar aglomerações e também os chamados “pancadões”, que são bailes realizados em vários bairros. “A fiscalização já ocorre nas ruas da cidade, desde o início da pandemia, com equipes da Guarda Civil Municipal (GCM) e do setor de Fiscalização de Posturas de Bares, da Prefeitura de Sorocaba, a partir de denúncias feitas por munícipes, via fone 156”, afirma.

Leia mais  Poupatempo continua atendendo só on-line

O prefeito pede ainda que a população colabore ajudando a denunciar aglomerações e que evitem se aglomerar. Manga disse ainda que não pretende aplicar medidas mais restritivas na cidade, e que o chamado “lockdown”, ou seja, bloqueio total, está fora de questão.

Covid avança no interior

O governo estadual informou que a piora nos índices de avanço do coronavírus no interior deixou as áreas de Marília e Ribeirão Preto na fase vermelha, com restrição total de comércios e serviços não essenciais. Permanecem nessa fase as regiões de Araraquara, Barretos, Bauru e Presidente Prudente.

Já as regiões de Campinas, Grande São Paulo, Registro e Sorocaba regrediram para a fase laranja, que também abrange Franca, São José do Rio Preto, São João da Boa Vista e Taubaté. Houve melhora na região de Piracicaba, que avançou para a fase amarela, onde permanecem Araçatuba e Baixada Santista. (Ana Cláudia Martins)

Comentários