Sorocaba e Região

Sorocaba deve ganhar um novo local para exame prático de CNH até julho

O atual endereço no bairro Wanel Ville 5 é alvo frequente de reclamações
Sorocaba deve ganhar um novo local para exame prático de CNH até julho
Quem espera pela hora do exame tem que ficar em local improvisado e sem estrutura. Crédito da foto: Pedro Negrão (15/2/2021)

Um problema enfrentado há anos por motoristas em Sorocaba deve ter uma solução ainda no primeiro semestre deste ano. Esse é o prazo dado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para a definição de um novo local para a realização de exames práticos para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O atual endereço no bairro Wanel Ville 5 é alvo frequente de reclamações, já que a estrutura é considerada inadequada pelas pessoas que precisam fazer o exame. Desde 2015 o Detran informa que existem negociações para a mudança do local da prova, mas sem detalhar o processo. Em resposta ao Cruzeiro do Sul, o órgão informou agora que o espaço deve ser regularizado ainda neste primeiro semestre, sem especificar uma data.

O espaço deve comportar cerca de 250 candidatos e 40 veículos e possuir toda infraestrutura necessária, como cobertura e banheiros. Esses últimos são os principais alvos de críticas no atual endereço. Os exames são realizados na rua Fernando Antônio Guerguer de Camargo, que precisa ser interditada para que os motoristas sejam avaliados pela banca examinadora.

Leia mais  Atletas sorocabanos conquistam medalhas no Mundial de Jiu-Jitsu

“Já é um momento em que estamos nervosos para fazer o exame e ainda temos que esperar desse jeito, sem condições”, critica a recepcionista Vanessa Miranda, de 44 anos, enquanto aguardava para ser avaliada sentada em um banquinho de plástico fornecido pela autoescola. Junto com guarda sol e água fresca, essa foi a forma encontrada pelo Centro de Formação de Condutores (CFC) que ela estuda para tentar contornar a falta de estrutura do local.

Na rua onde a prova é realizada não existem bancos para os alunos, que precisam esperar em pé e sem cobertura contra o sol ou chuva. Como alternativa, muitos se abrigam em um ponto de ônibus, mas que não tem capacidade para todas as pessoas.

O advogado Hugo Rodrigues, de 82 anos, também criticou a situação. Ele, que mora em Itu, precisou ir até Wanel Ville 5 para fazer a prova já que a cidade vizinha, assim como outras 10 na região de Sorocaba, não realizam os exames da chamada banca especial, para motoristas que buscam a CNH para pessoas com deficiência (PCD). “Precisaria de uma área mais acolhedora. Se estivesse chovendo, não caberia todo mundo embaixo daquele ponto de ônibus”, diz.

Já o supervisor de operação João Evangelista da Silva, 52 anos, acredita que o ideal seria mudar o local do exame. “O bairro cresceu e a movimentação de carros aumentou, o que acaba atrapalhando durante as aulas e também no exame”, comenta.

Leia mais  Emendas destinam R$ 900 mil à cultura em Sorocaba

O atual endereço também não possui banheiros. O sanitário químico que existia no local (e que também era alvo de reclamações por conta da limpeza), foi retirado durante a pandemia. A única alternativa agora é pagar R$ 2,00 para utilizar os banheiros de uma lanchonete.

Segundo o Detran, banheiros químicos serão reinstalados pelo poder municipal, incluindo um específico para PCD, seguindo as orientações de higiene. O sanitário é instalado pela prefeitura por meio de um contrato de cessão. “A Urbes já iniciou um levantamento para verificar os detalhes desse contrato e, na sequência, discutirá o assunto com o Detran, a fim de solucionar a demanda e garantir a melhor forma de atender esse público”, diz, sem indicar uma data para o retorno dos banheiros.

Atualmente em Sorocaba são realizadas mensalmente 1.570 provas das categorias B, D e E e 500 na banca especial para PCDs. O Detran informou que também deve fazer a divisão dos exames em turnos (manhã e noite) para aumentar a segurança dos usuários durante a pandemia. (Jomar Bellini)

Comentários