Sorocaba e Região

Sepultado o professor e autor de livros de Língua Portuguesa Lídio Tesoto

Professor fez carreira como professor de Língua Portuguesa no antigo Centro de Educação Octávio Novaes de Carvalho (Ceonc)
Sepultado o professor Lídio Tesoto
Tesoto era escritor de livros didáticos. Crédito da foto: Arquivo de Família

Foi sepultado na última quarta-feira (13) em Sorocaba o corpo do professor Lídio Tesoto, de 80 anos, autor de livros didáticos de Língua Portuguesa adotados por instituições de ensino de todo o país.

De acordo com a filha do professor, Cristiane, o pai mantinha-se ativo. Tanto assim que ele elaborava, por exemplo, uma nova série de livros, para o ensino fundamental, quando, há quinze dias, sentiu-se mal.

Levado ao Hospital da Unimed, recebeu diagnóstico de câncer em estado avançado. Lídio Tesoto faleceu na terça (12). “Ele era muito educado e muito querido por todo mundo”, lamentou.

Natural de Rafard, Lídio Tesoto morou a maior parte da vida em Sorocaba, sempre no bairro de Santa Rosália, e fez carreira como professor de Língua Portuguesa no antigo Centro de Educação Octávio Novaes de Carvalho (Ceonc).

Em sala de aula, recebeu a visita de uma representante de editora de livros didáticos para a qual, mais tarde, passou a escrever.

Leia mais  Reabertura e Dia da Mães animam o comércio

Pela Editora do Brasil escreveu duas coleções com quatro livros cada intituladas “Texto e Contexto”, para o 5º ao 9º ano do ensino fundamental e estava preparando uma terceira. Mais tarde, o Colégio Universitário comprou os direitos da obra de Tesoto e republicou o material em apostilas.

Lídio Tesoto era viúvo e deixa os filhos Cristiane e André, os netos Bruno, Giuila e Henrique, a nora Aline e o genro Celso. (Da Redação)

Comentários