Sorocaba e Região

Prefeitura quer ampliar acervo e ter registro do Museu do Esporte

Além das visitas individuais, há grupos de estudantes que vão com frequência até o Museu do Esporte
Semes quer ampliar acervo e ter o registro do Museu do Esporte
Proposta da Semes com o espaço é manter viva a história esportiva de Sorocaba. Crédito da foto: Erick Pinheiro

Nove meses depois de ser inaugurado, o Museu do Esporte, que fica no interior do Palacete Scarpa, em Sorocaba, recebeu cerca de 1.700 visitantes. A ideia do titular da Secretaria de Esportes e Lazer (Semes), Simei Lamarca, era reunir elementos (troféus, uniformes, quadros, publicações, entre outros itens) para manter viva a história esportiva da cidade, do passado ao presente. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, gratuitamente.

O Cruzeiro do Sul questionou se a Semes tem interesse em ampliar o horário ou abrir eventualmente aos finais de semana, para que mais pessoas possam visitá-lo. A pasta respondeu que “pretendemos num futuro próximo aumentar o acervo e ter o reconhecimento e registro do Museu, buscar parcerias com o governo federal, estadual ou PPP (parceria público-privada), e então ampliar o seu funcionamento”.

Além das visitas individuais, há grupos de estudantes que vão com frequência até o Museu do Esporte, segundo a Semes. Para as escolas que se interessarem no passeio guiado, o agendamento pode ser feito pelo telefone (15) 3212-7280. Hoje, o espaço está dividido em duas partes, com uma série de objetos exibidos. A pasta informou que “está contabilizando o acervo” e que, por enquanto, os itens são fixos, sem necessidade de rotação. “Quem tiver material que possa ser utilizado no museu e tenha a intenção de fazer a doação, pode entrar em contato com a Semes. Aqui esses momentos serão preservados e abertos para todos da cidade”, destacou Lamarca.

Leia mais  Secretaria de Política Sobre Drogas realiza a Operação Narguilé em Sorocaba

O acervo, aliás, é bem vasto, para inúmeros tipos de gostos em relação a esporte. Há, por exemplo, a faixa do time sorocabano do Leite Moça, tricampeão brasileiro de vôlei, de 94 a 97; uma foto da “rainha” Hortência, atleta multicampeã do basquete, com a camisa da Minercal, equipe que defendeu a cidade também na década de 90; e, para falar de um passado bem mais próximo, um quadro com os nomes e fotos dos garotos campeões mundiais de futsal pelo Magnus, na categoria Sub-12, em 2018, na Espanha. Os itens recebidos mais recentemente foram uma camisa de Guinei, ex-jogador do Corinthians, e quadros de Mickey, o maior jogador da história do São Bento, que faleceu em fevereiro deste ano.

O Palacete Scarpa, que abriga o Museu do Esporte, fica na rua Souza Pereira, 448. (Esdras Felipe Pereira)

Comentários

CLASSICRUZEIRO