Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Santa Casa de Sorocaba ativará mais cinco leitos de UTI para Covid-19

07 de Julho de 2020

Hospitais somam 344 vagas para internação Santa Casa tem 35 leitos de UTI para tratamento de Covid. Crédito da foto: Vinícius Fonseca / Arquivo JCS (15/5/2020)

A Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba deverá colocar em atividade cinco novos leitos de UTI até a quarta-feira (8). A informação foi confirmada nesta terça-feira (7) pelo médico Fernando Brum, que é diretor técnico da Santa Casa e coordenador do Comitê de Combate ao Coronavírus em Sorocaba.

[irp posts="268879" ]

 

A situação ocorre após todas as vagas de UTI da rede pública municipal, incluindo os leitos de estabilização, atingirem ocupação de 100%. Nesta terça-feira, a Santa Casa tinha 100% de ocupação em seus 35 leitos de UTI e, no hospital de campanha, os três leitos de estabilização também estavam com ocupação máxima.

De acordo com Brum, os leitos tecnicamente já estão prontos, restando apenas algumas implicações burocráticas que já estão sendo resolvidas. Ainda conforme ele, a expectativa é de que essas UTIs sejam ativadas nas próximas horas, ou na quarta-feira (8).

Em 24 de junho, a Santa Casa realizou a última ampliação de leitos no local, de 30 para os atuais 35. Os primeiros 20 leitos da Santa Casa, exclusivo para pacientes com suspeita ou com confirmação do novo coronavírus, foram inaugurados no final de março. No decorrer da pandemia, mais dez leitos foram ativados

Leitos de enfermaria

Brum também comentou sobre a ampliação de novos leitos de enfermaria, por intermédio de unidades de emergência. “A procura por atendimento médico nas unidades de saúde e principalmente na UPH Zona Leste, referência inicial aos casos de Covid-19, devido a este aumento expressivo, fez com que o Comitê solicitasse à Secretaria de Saúde que instruísse as Unidades de Pronto-Atendimento no Éden e a Unidade Pré-Hospitalar da Zona Norte, para abrirem ao atendimento em conjunto com a UPH Leste, visto que a mesma atingiu o limite de sua capacidade instalada”, lembra Brum, ao falar dos leitos clínicos.

A abertura do atendimento para Covid-19 na UPH Norte e UPA Éden, de acordo com o médico, já fazia parte do plano de contingência apresentado pelo Comitê em abril, como fase 2 e fase 3. “Com o aumento de leitos de UTI na Santa Casa, houve uma redução no número de leitos de enfermaria no referido hospital, pois estes leitos foram adequados para serem de terapia intensiva”, explica. “A UPH Leste estruturou-se para dar continuidade ao atendimento geral e específico Covid, inclusive com aumento de leitos de observação, mas que de forma alguma consegue suprir esta demanda dos últimos dias e da forma de internação, a qual deverá ocorrer no hospital de campanha”, acrescenta. (Marcel Scinocca)