Sorocaba e Região

Saae mantém rodízio no Éden e Cajuru

Conforme o Saae ainda não é possível interromper totalmente o rodízio neste momento
Saae mantém rodízio no Éden e Cajuru
Abastecimento de água a partir de hoje será das 6h às 22h, no Éden, Cajuru e Aparecidinha. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (16/9/2020)

Em mais uma reunião de avaliação do rodízio no abastecimento implantado nas regiões do Éden/Zona Industrial, Cajuru e Aparecidinha, a direção e corpo técnico do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba definiram na tarde de ontem (29) pela continuidade do sistema por mais um ciclo de uma semana, porém, decidiram também ampliar o período de abastecimento em quatro horas, passando das 6h às 18h para das 6h às 22h, já a partir de hoje (30).

De acordo com o Saae, embora ainda não seja possível interromper totalmente o rodízio neste momento, os resultados positivos da estratégia colocada em prática possibilitaram ampliar o tempo de distribuição de água nas regiões envolvidas de doze para dezesseis horas.

Mesmo com os níveis das represas permanecendo os mesmos da semana passada, visto que as chuvas previstas não se confirmaram, o fato da autarquia ter conseguido manter a diminuição do volume captado no sistema Castelinho/Ferraz, entre 50% e 70% do considerado normal, possibilitou que os dois mananciais se mantivessem preservados, sem riscos de uma situação mais grave, que impossibilitasse a sua utilização.

Leia mais  Câmara recebe ex-prefeito de Sorocaba

O sistema Castelinho/Ferraz se manteve nos mesmos 20%, Ipaneminha permanece com 75% de sua capacidade total e a represa de Itupararanga continua com 54%.

Outra informação que influiu na tomada de decisão pela ampliação do período de abastecimento, de doze para dezesseis horas, foram as previsões de chuvas para os próximos dias, que deverão ocorrer em volume mais significativo, aliada à manutenção do índice de economia no uso da água por parte da população, que novamente foi de 15% no sexto ciclo do rodízio. (Da Redação, com informações do Saae – Sorocaba)

Comentários