Sorocaba e Região

Regularização fundiária vai beneficiar 130 imóveis em Sorocaba

Outros 70 títulos serão entregues em Capela do Alto
Regularização fundiária vai beneficiar 130 imóveis na cidade
Entrega será feita pelo secretário estadual de Habitação, Flavio Amary. Crédito da foto: Erick Pinheiro / Arquivo JCS (17/6/2019)

O secretário de Habitação do Estado de São Paulo, Flavio Amary (PSDB), estará em Sorocaba, no próximo sábado (24) para entrega de títulos de regularização fundiária. Segundo a pasta, a cerimônia de entrega deve ocorrer às 10h30 no Núcleo Habitacional Gualberto Moreira, na região do bairro dos Morros. A visita faz parte de mais uma etapa do programa estadual Cidade Legal.

Em entrevista ao Cruzeiro do Sul, ontem, Flavio Amary falou sobre o programa. Segundo ele, a regularização também é um meio de reduzir o déficit habitacional da região. “É um reconhecimento de que aquela propriedade é da pessoa. Isso traz resultado positivo para todos”, disse. O evento ocorrerá a partir das 10h30. Cerca de 130 títulos de propriedade serão entregues em Sorocaba, na data. No mesmo dia, ao menos 70 deverão ser entregues também na município de Capela do Alto.

Leia mais  Motorista é detido por porte ilegal de arma em rodovia de Piedade

O secretário sorocabano também falou da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU). Conforme ele, obras da instituição estão programadas para 20 municípios da região de Sorocaba. Ele também destacou os trabalhos do programa Casa Paulista, que tem vários projetos em andamento da região, em pelo menos 11 cidades, incluindo Iperó e Capela do Alto. De acordo com Amary, atualmente, são 16 mil casas pelo programa Casa Paulista e mais de 20 mil pela CDHU. “São ações espalhadas por todo o Estado”, comentou.

Sobre os sinais de recuperação no setor de construção civil, mais as novas possibilidade de financiamento da Caixa Econômica Federal, Amary afirma que o estado de São Paulo está na mesma direção, ou seja, em um momento positivo. Ele lembrou ainda do programa estadual Nossa Casa, iniciativa do governador João Doria (PSDB), que alia as ações do governo paulista com contrapartida dos municípios, por exemplo, e participação da iniciativa privada. “Esse conceito busca fomentar a construção civil e a atender as pessoas que querem realizar seus sonhos”, disse.

Questionado sobre o déficit habitacional de Sorocaba e região, Flavio Amary afirma que é preciso analisar uma série de questões. “Para reduzir o déficit, é preciso destrinchar, conhecer esse déficit. Cada região do Estado tem uma característica própria.” Ele também lembrou que a regulamentação fundiária, como o processo que será concluindo no sábado, em Sorocaba, é um caminho importante para se amenizar o déficit. “Não é só construir casa. Há outros caminhos para a redução”, argumentou.

Leia mais  GCM localiza drogas e moto com chassi adulterado no Nilton Torres

ITV prepara capacitação de políticos

Diálogo e capacitação deverão estar entre marcas da gestão de Flavio Amary a frente do Instituto Teotônio Vilela (ITV), em São Paulo. O novo presidente do ITV-SP foi anunciado em 24 de julho, na Capital. “Recebi essa indicação e aceitei o convite com muita honra. Estou muito feliz”, lembrou Amary. Ela ainda contou que uma das prioridades do ITV e que já está sendo executada tem relação com a agenda para a capacitação de pessoas interessas em participar das eleições de 2020. “O objetivo principal é a qualidade dos pré-candidatos”, afirmou.

Flavio Amary lembra que o estado de São Paulo já tem 200 prefeitos tucanos, mas que a ideia é continuar crescendo. “Sempre respeitando o passando, mas olhando para o futuro”, disse. O projeto tem participação do Centro de Liderança Pública (CLP) e uma das etapas ocorreu em julho.

Leia mais  Câmara de Votorantim gasta R$ 5,7 mil com refeições externas

Amary também garantiu que o diálogo será uma das marcas de sua gestão a frente do instituto, incluindo conversas com jovens e mulheres. “Vamos buscar caminhos em conjunto”, lembrou. Ações coordenadas do instituto deverão ocorrer em todo o Estado, assim como no País. (Marcel Scinocca)

Comentários

CLASSICRUZEIRO