Sorocaba e Região

Rede municipal de ensino antecipa recesso de meio de ano para abril

No entanto, servidores deverão cumprir, no mínimo, 40% da jornada de forma presencial
Rede municipal de ensino antecipa recesso de meio de ano para abril
Escola Municipal Leonor Pinto Thomaz está localizada na região central da cidade. Crédito da foto: Fábio Rogério / Arquivo JCS (29/4/2020)

A Secretaria de Educação antecipou o recesso de meio de ano na rede municipal de ensino em Sorocaba para o mês de abril. O retorno às aulas presenciais estava previsto para o dia 29 de março, mas foi adiado para o dia 21 de abril.

As mudanças estão previstas em uma instrução normativa publicada na terça-feira (30) no jornal oficial do Executivo e são válidas para todas as instituições de ensino da prefeitura, incluindo as de gestão compartilhada. O objetivo, segundo o texto, é reduzir a exposição pessoal e interações presenciais entre os servidores como forma de prevenção a Covid-19.

Após o feriado antecipado emergencial em Sorocaba, as aulas ficarão suspensas entre 7 e 20 de abril. Esse período será considerado como antecipação do recesso escolar, antes previsto para acontecer de 12 a 23 de julho.

Leia mais  Grupo tinha armas falsas e droga

Segundo a instrução normativa, as instituições educacionais permanecerão fechadas entre 7 e 9 de abril. Os profissionais do suporte pedagógico e do quadro administrativo (secretários de escola, assistente de administração, auxiliares de administração, inspetores de alunos, auxiliares de educação, agentes infantis, regentes maternais e apoio operacional) deverão desenvolver as atribuições de forma 100% remota.

A partir do dia 12, as instituições educacionais serão reabertas, funcionando das 8h às 17h exclusivamente para ações de apoio à comunidade escolar, procedimentos de limpeza e andamento dos trabalhos administrativos.

Os servidores deverão cumprir, no mínimo, 40% da jornada de forma presencial. Já os profissionais lotados no Centro de Referência em Educação (CRE), cumprirão jornada semanal em escala de revezamento.

Na rede particular, as aulas presenciais estavam suspensas até o último dia 30, segundo o decreto municipal 26.155. Questionada, a prefeitura ainda não respondeu se há previsão de prorrogar esse prazo. Até o momento, as escolas estão autorizadas a retomar as atividades presenciais após o feriado emergencial, em 7 de abril. (Jomar Bellini)

Comentários