Sorocaba e Região

Quilombolas são vacinados contra Covid em Salto de Pirapora

Conhecida como Cafundó, a comunidade foi uma das primeiras do Brasil a concluir a vacinação de sua população
Quilombolas são vacinados contra Covid em Salto de Pirapora. Crédito da Foto: Pedro Henrique Negrão (04/02/2021)

Os moradores da Comunidade Quilombola Cafundó, em Salto de Pirapora, na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), foram vacinados contra a Covid-19, nesta quinta-feira (4). A imunização de 60 quilombolas foi realizada por funcionários da Prefeitura de Salto de Pirapora. A ação foi acompanhada pela secretária de Desenvolvimento Social do Estado, Célia Parnes, que visitou a comunidade.

Conhecida como Cafundó, a comunidade foi uma das primeiras do Brasil a concluir a vacinação de sua população, que atualmente conta com 32 famílias e aproximadamente 120 pessoas.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado, a população quilombola faz parte do público prioritário nesta primeira etapa da vacinação contra a Covid-19, assim como profissionais da saúde, indígenas residentes em aldeias, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência vivendo em instituições de longa permanência (ILPI’s).

A secretária da pasta estadual, Célia Parnes, acompanhou a vacinação dos quilombolas pela manhã e falou sobre a importância da imunização na comunidade. “Por ser uma população em vulnerabilidade social e de certa forma isolada é fundamental que essas famílias sejam vacinadas de forma prioritária, neste momento”, destaca.

A líder da Comunidade Quilombola Cafundó, Regina Aparecida Pereira, 61 anos, afirma que as famílias vivem basicamente da agricultura familiar e do turismo rural quilombola e que, por conta da pandemia do coronavírus, as atividades de subsistência dos moradores do local foram afetadas.

Leia mais  Programa municipal vai agilizar demandas

“Desde o início da pandemia tivemos que parar com o turismo rural aqui na propriedade e com isso as visitas foram suspensas. Temos recebido assistência por meio de doação de cestas básicas e mantendo nossa produção de feijão, verduras e legumes. Iniciamos a colheita do feijão nesta semana e a previsão é colher três mil quilos”, destaca a líder.

Quilombolas são vacinados contra Covid em Salto de Pirapora. Crédito da Foto: Pedro Henrique Negrão (04/02/2021)

Sobre a vacinação contra a Covid-19, Regina disse que a prioridade para as comunidades quilombolas é essencial, sobretudo para preservar a vida dos moradores e também preservar suas atividades de subsistência. “Até o momento tivemos a confirmação de somente uma moradora com coronavírus, que precisou ficar internada e se recuperou. Então é fundamental que todas as famílias da comunidade sejam imunizadas”, disse a líder do Cafundó.

Moradora da comunidade desde que nasceu, Maria de Lurdes Almeida do Nascimento, de 74 anos, foi a primeira na manhã desta quinta a ser vacinada contra a Covid-19. Ela disse que ficou feliz por tomar a vacina, já que a filha dela foi a única do Cafundó que pegou a doença. “Minha filha teve a doença e ficou internada. Então, para que mais pessoas dentro da comunidade não sejam infectadas temos que tomar a vacina”, disse.

Vacinação

A vacinação dos quilombolas na comunidade de Salto de Pirapora começou no dia 22 de janeiro. Na data foram imunizados contra a Covid-19 as pessoas com mais de 60 anos.

Leia mais  Centro de Estabilização montou 20 leitos

A Comunidade Quilombola Cafundó em Salto de Pirapora, fica na altura do km 102, da estrada vicinal Roque de Barros Leite. O quilombo é reconhecido pela Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp) há 22 anos. Conforme o Itesp, atualmente, o Estado tem 36 comunidades quilombolas.

Já a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado informou que as comunidades, historicamente, são locais com piores índices de saúde e que ficam em lugares isolados, longe de hospitais e de unidades de saúde.

O governo estadual determinou a inclusão dos quilombolas entre os grupos prioritários da primeira fase do Plano Estadual de Imunização (PEI), pois este público não estava previsto no Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, para a etapa inicial da campanha. (Ana Cláudia Martins)

Quilombolas são vacinados contra Covid em Salto de Pirapora. Crédito da Foto: Pedro Henrique Negrão (04/02/2021)
Comentários