fbpx
Sorocaba e Região

Procura por 1ª habilitação tem redução de 31% em Sorocaba

DetranSP aponta queda na comparação entre os anos de 2018 e 2019
Procura por 1ª habilitação tem redução de 31% em Sorocaba
No primeiro semestre de 2019, as primeiras habilitações somaram 7.260 CNHs. Crédito da foto: Emidio Marques (30/9/2019)

 

O sonho de completar logo 18 anos para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e dirigir o próprio carro está sendo adiado pelos jovens sorocabanos. Segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (DetranSP), a média mensal de emissão da 1ª habilitação na cidade caiu cerca de 31,33% na comparação dos dados de 2018 e 2019.

Enquanto em todo o ano passado, a média mensal de emissão da 1ª habilitação na cidade foi 881; de janeiro a junho deste ano, a média mensal foi de 605. No primeiro semestre de 2019, no total, as primeiras habilitações somaram 7.260 CNHs, enquanto em 2018, o total chegou a 10.583.

Ainda de acordo com os dados do DetranSP, em 2017, o total de primeiras habilitações emitidas em Sorocaba também foi menor do que em 2018. Foram 8.781 primeiras habilitações emitidas em 2017 e a média mensal da emissão de CNH (1ª habilitação) foi de 731.

O DetranSP informou ao Cruzeiro do Sul que não comenta ou analisa dados fornecidos. Já o presidente da Associação das Autoescolas de Sorocaba (Assaes), Roberto Alarcon Filho, afirma que não tem percebido uma redução na procura pelos jovens para retirar a CNH pela primeira vez.

Leia mais  Sancionada lei que cassa habilitação de condenado por contrabando

 

Ele afirma que a cidade tem cerca de 30 autoescolas e que a procura pelas pessoas que completam 18 anos e querem fazer o pedido da 1ª habilitação continua normal.

Alarcon destaca ainda que percebeu uma redução no número de primeiras habilitações emitidas nos anos de 2016 e 2015 por conta da crise econômica que atingiu todo o País. Para ele, no ano passado, as emissões de CNHs para jovens com 18 ou mais foram em bom número, com uma leve redução no início de 2019.

“Não tenho notado redução nos últimos anos pelo público jovem. Caiu consideravelmente nos anos de 2016, 2015 e 2014 por conta da recessão que atingiu todo o Brasil”, disse.

Segundo a Assaes, o custo atual para tirar a 1ª habilitação em Sorocaba é de R$ 1,6 mil, incluindo todas as aulas práticas e teóricas exigidas e os exames práticos e teóricos solicitados pela legislação, para a categoria B (automóvel).

Custo pesa e jovens têm outras prioridades

Apesar do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) ter flexibilizado as regras para tirar a CNH e elas já estarem valendo desde o último dia 16, nem isso tem animado os jovens que acabam de completar 18 anos.

As novas regras reduziram, por exemplo, o número de aulas práticas, tornou opcional o uso de simuladores e reduziu também para uma hora a exigência de aula noturna. Mas, os jovens que estão adiando o pedido da 1ª habilitação afirmam que o custo de R$ 1,6 mil pesa no bolso.

Leia mais  Aumento de pontuação na CNH de 20 para 40 em discussão

 

Além disso, eles citam o fato de não ter carro próprio e ter outras despesas como prioritárias no momento. Por isso, estão adiando a decisão de tirar a CNH assim que completam 18 anos. Sem carro e sem carteira de motorista, os jovens optam pelo transporte coletivo e pelo transporte por aplicativo.

Procura por 1ª habilitação tem redução de 31% em Sorocaba
Emily prioriza os estudos. Crédito da foto: Acervo Pessoal

 

A estudante Emily Bueno Pereira, 18 anos, afirma que no momento não pensa em tirar a CNH. Ela conta que não possui carro e que está dando prioridade aos estudos. Ela é aluna de curso pré-vestibular e quer entrar primeiro na faculdade e só depois pensar em tirar a primeira habilitação.

“Eu pretendo tirar a CNH assim que eu passar na faculdade. Mas também não é uma coisa que sinto muita necessidade ou vontade. Eu tenho outras prioridades no momento (estudos). Então, tirar a carteira ficou para segundo plano, para algum momento que eu não tenha coisas mais importantes para me preocupar”, diz.

Leia mais  Bolsonaro diz que vai estender validade de CNH para 10 anos

 

Emily disse que para se locomover prefere usar transporte por aplicativo. Ela afirma ainda que o custo para tirar a CNH é alto e os jovens, geralmente, não têm esse valor, tendo de recorrer aos pais.

Procura por 1ª habilitação tem redução de 31% em Sorocaba
Pedro acha o custo elevado. Crédito da foto: Acervo Pessoal

 

Pedro Henrique de Abreu Lima, 19 anos, também não pretende tirar a primeira habilitação nesse momento. Ele disse que, atualmente, anda de transporte coletivo e como acabou de se tornar pai tem de arcar com outros custos. “Eu trabalho e atualmente quase todo meu salário é para cobrir os gastos com minha família. O custo para tirar a 1ª habilitação é elevado e no momento tenho outras despesas mais importantes”, diz. Ele acredita que só irá pensar em tirar a CNH daqui a um ou dois anos. (Ana Cláudia Martins)

Comentários

CLASSICRUZEIRO