fbpx
Sorocaba e Região

Polícia fecha o cerco para localizar suspeito de matar menina em Piedade

Heloá dos Santos Pereira, de 11 anos, foi morta com 18 perfurações no corpo, apontou laudo
Família do suspeito de matar Heloá pediu perdão ao pai da menina
Heloá dos Santos Pereira foi morta na zona rural de Piedade. Crédito da foto: Cortesia

A Polícia está fechando o cerco em Piedade para tentar localizar o suspeito de matar a menina Heloá dos Santos Pereira, de 11 anos. Ela foi encontrada morta dentro de uma fossa, próxima da casa da família, na Estrada do Douradinho, na Vila Eraldino, em 20 de dezembro.

Neste domingo (12), uma operação conjunta foi feita para encontrar o suspeito de ter cometido o crime. Ele está foragido e com prisão temporária decretada. Participaram da ação na mata policiais civis de Piedade, do Grupo de Operações Especiais (GOE) de Sorocaba, policiais militares, guardas municipais e a equipe do canil.

A área de buscas foi reduzida na última operação

De acordo com o delegado seccional assistente de Sorocaba, Rodrigo Ayres, o suspeito tem vivência em mata e conhece bem aquela região. Portanto, seria possível que ele estivesse sobrevivendo escondido há 20 dias sem a ajuda de ninguém.

A área de buscas foi reduzida na última operação. Conforme a Polícia, foram encontrados alguns sinais de habitação humana, mas não necessariamente do suspeito. Isso porque aquela área também é acessada por caçadores ou extrativistas de palmito.

Ayres também contou que a Polícia recebe denúncias diárias sobre o paradeiro do suspeito, mas muitas delas não têm fundamento. “Não digo que sejam trote, mas sim esvaziadas, na base do ‘ouvi falar’. Ainda assim a Polícia vai atrás de todas as denúncias”, afirma.

O delegado também não descarta que o suspeito tenha fugido para longe após cometer o crime em Piedade. Por isso, a Polícia Civil de Sorocaba está em contato com policiais de outros estados para tentar localizar o foragido.

O crime

Heloá dos Santos Pereira desapareceu em 19 de dezembro quando o pai, Robson Pereira, de 36 anos, saiu por 30 minutos para buscar um caminhão. Conforme o relato de Pereira à Polícia, a garota teria ficado sozinha, dormindo no próprio quarto. Porém, quando voltou para a residência, não encontrou a filha.

Leia mais  Família do suspeito de matar Heloá pediu perdão ao pai da menina

 

O corpo da menina foi encontrado no dia 20, dentro de uma fossa, perto da casa da família. Segundo o boletim de ocorrência, ele estava envolto em um plástico, cobertor e lençol.

A perícia constatou 18 ferimentos no corpo da menina. Eles foram feitos provavelmente com golpes de faca. (Da Redação)

Comentários