Sorocaba e Região

Perda na distribuição de água em Sorocaba atinge 20,3%

O Saae cita realização de operações de caça-vazamentos com a utilização de geofones
Crédito da foto: Divulgação / Secom

O Saae de Sorocaba informou em nota que não há perda de água na captação e no tratamento. Ocorre em vazamentos na distribuição da água já tratada. Segundo a autarquia, essa perda atinge 20,3%.

Por isso, executa ações há cerca de cinco anos para a redução. Uma dessas ações é a “instalação de macromedidores nas saídas das Estações de Tratamento de Água do Éden e Cerrado, cujos números são confrontados com o total medido nos micromedidores (hidrômetros) das aproximadamente 230 mil ligações de água existentes atualmente na cidade, ação essa que está sendo complementada com a instalação dos macromedidores também nos bairros, começando por Júlio de Mesquita Filho e Campolim, o que permitirá determinar a perda real por região e o mapeamento correto para ações de combate aos vazamentos, às fraudes, furtos e violações”.

O Saae cita realização de “operações de caça-vazamentos com a utilização de geofones, que permitem a detecção de vazamentos tanto nos pés de cavaletes dos imóveis como nas redes de distribuição nas ruas”. Além disso, diz a autarquia, ocorre a renovação de hidrômetros, “com a instalação de novos aparelhos medidores em substituição aos antigos com problemas de imprecisão”, entre outras ações.

Conforme o Saae, o “impacto das perdas com vazamentos é considerado pequeno” e há “tendência a apresentar uma diminuição constante, diante das medidas que vêm sendo colocadas em prática”. (Ana Cláudia Martins)

Comentários